KV12

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
KV12
Tumba múltiplos membros reais
Localização Vale dos Reis, em uma pequena ramificação entre a KV57 e a KV35
Extensão total 92,33 m[1]
Área total 253.83 [1]
Descoberta em Aberta desde a antigüidade
Escavada por Ernest Harold Jones (1908-09), Howard Carter (1920-21)[1]

A tumba KV12 (acrônimo de "King's Valley #12"), no Vale dos Reis, é uma tumba incomum, usada originalmente na decima oitava e mais tarde na decima nona e vigésima dinastias. Foi, provavelmente, usada para múltiplos enterros de membros da família real, assim como a KV5. Os construtores da KV9 acabaram invadindo o espaço da KV12 enquanto escavavam-na dentro da montanha.

Durante a escavação moderna, rumores de uma segunda tumba circularam pelo acampamento. Porém, os cientistas responsáveis negaram a idéia e continuaram o trabalho. Pouco perceberam o engano que fizeram. Na manhã de 8 de agosto de 1995, as escavadoras quebraram a rocha para uma nova tumba na qual foram encontradas apenas restos de membros de múltiplas famílias. As paredes das tumbas não tinham pinturas que revelassem os seus donos, como de costume. Pesquisadores ainda tentam identificar os membros da família e encontrar artefatos na tumba.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c Theban Mapping Project (em inglês). Página visitada em 2008-09-3.
  • Reeves, N & Wilkinson, R.H. The Complete Valley of the Kings, 1996, Thames and Hudson, London.
  • Siliotti, A. Guide to the Valley of the Kings and to the Theban Necropolises and Temples, 1996, A.A. Gaddis, Cairo.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Egiptologia é um esboço relacionado ao Antigo Egito. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.