Kamehameha I

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Kamehameha I
Rei do Havaí
Governo
Reinado Julho de 1782 - 18 de Março de 1819
Coroação Julho de 1782
Consorte Kaʻahumanu
Keōpūolani
Kalola-a-Kumukoʻa
Peleuli
Kalākua Kaheiheimālie
Namahana Piʻia
Kahakuhaʻakoi Wahinepio
Kekāuluohi
Kekikipaa
Manono II
Kānekapōlei (solteira)
Sucessor Kamehameha II
Casa Real Casa de Kamehameha
Dinastia Kamehameha
Títulos Kamehameha, o Grande
Vida
Nome completo Kalani Paiʻea Wohi o Kaleikini Kealiʻikui Kamehameha o ʻIolani i Kaiwikapu kaui Ka Liholiho Kūnuiākea
Nascimento Julho de 1758
Kapakai, Kokoiki, Moʻokini Heiau, Kohala, Ilha Havai
Morte 08 de maio de 1819 (60 anos)
Kamakahonu, Kailua-Kona, Kona, Ilha Havai
Sepultamento 1819 de Maio de 08
Filhos Liholiho (Kamehameha II)
Kauikeaouli (Kamehameha III)
Nāhiʻenaʻena
Kamāmalu
Kīnaʻu (Kaʻahumanu II)
Kahōʻanokū Kīnaʻu
Pauli Kaʻōleiokū (ilegitimo)
Pai Keōua
Mãe Kekuiapoiwa II

Kamehameha I (c. julho de 17588 de maio de 1819), também conhecido como Kamehameha, o Grande, conquistou as Ilhas Havaianas e estabeleceu formalmente o Reino do Havaí em 1810[1] . Desenvolvendo alianças com as maiores potências coloniais do Pacífico, Kamehameha manteve a independência do Havaí sob seu comando [carece de fontes?].

Ele nasceu, provavelmente em novembro de 1758, em Kohala do Norte, filho de Kekuiapoiwa, filha de um chefe Kona, e, provavelmente, de Keoua, chefe de Kohala, e inicialmente se chamava Pai'ea[2] . Segundo a lenda, seu nascimento foi acompanhado de tempestades e luzes estranhas, sinais de um grande chefe[2] .

Por causa dos sinais, e das rivalidades com os clãs guerreiros, Kamehameha foi escondido, crescendo em Waipio, e retornando a Kailua aos cinco anos de idade[2] . Lá, ele viveu com seu pais, e, após a morte do pai, foi treinado pelo tio, o rei Kalani'opu'u[2] .

Um ano após a morte do Capitão Cook, Kalani'opu'u dividiu o reino entre seu filho Kiwala'o, que recebeu o poder político, e Kamehameha, que recebeu o deus da guerra Ku-ka'ili-moku[2] . Após a morte de Kalani'opu'u em 1782, começou uma guerra entre Kiwala'o e Kamehameha, e depois da morte de Kiwala'o, ele teve que enfrentar Kahekili, rei de Maui, e seu primo Keoua, chefe de Puna e Ka'u[2] .

O arquipélago foi apenas unificado em 1810, após várias batalhas onde foram introduzidas armas de fogo e canhões[2] .

Kamehameha é lembrado pelo Mamalahoe, a "Lei da Pá Lascada", que protege os direitos humanos de não-combatentes em tempos de batalha [carece de fontes?]. O nome havaiano completo de Kamehameha é Kalani Paiʻea Wohi o Kaleikini Kealiʻikui Kamehameha o ʻIolani i Kaiwikapu kaui Ka Liholiho Kūnuiākea [carece de fontes?].

Foi sucedido pelo seu filho primogénito Liholiho, que reinou com o nome de Kamehameha II.[1] Kamehameha II visitou o Império do Brasil e o Reino Unido em 1824.[3]

Kamehameha I foi homenageado ainda no século de sua morte com a construção de uma estátua em que aponta para o mar segurando uma criança no colo [carece de fontes?].

Também é tido como o inventor do skateboard [carece de fontes?]

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Akira Toriyama, o criador do anime Dragon Ball nomeou o golpe principal dos personagens do desenho de Kame Hame Ha em sua homenagem. Ele não sabia que nome dar ao principal golpe dos Guerreiros Z, quando estava de viagem no Haiti. Ele queria algo forte, que terminasse com HA para tornar o grito mais impactante. Sua esposa, então, sugeriu usar o nome do rei Havaiano Kame Hame Ha.[4]

Referências

  1. a b Kamehameha I, site Kamehameha Schools
  2. a b c d e f g Diana Lee Rhodes, Overview of Hawaiian History, A. Reign of King Kamehameha, 2. Kamehameha's Rise to Power, 1758-1819
  3. Revista Brasil-Europa - Comitiva real do Havaí no Rio de Janeiro
  4. legiaodosherois.com.br/ 10 coisas que você pode não saber sobre a série Dragon Ball
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Kamehameha I
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.