Kitaro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde maio de 2010).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Kitaro
Kitaro 5.jpg
Informação geral
Nome completo Masanori Takahashi
Nascimento 4 de Fevereiro de 1953 (61 anos)
Origem Toyohashi,Aichi Prefecture,Japão
País  Japão
Gênero(s) New Age,ambiente,instrumental,folk,eletrônica
Gravadora(s) Geffen/Warner Bros. Records,Geffen/MCA Records,Domo Records
Página oficial Site em Japonês
Site em Inglês

Kitaro (nascido com o nome de Masanori Takahashi, Toyohashi, 4 de fevereiro de 1953) é um músico, compositor e multi-instrumentista japonês, vencedor do Grammy em 2001 na categoria New Age.

O estilo de Kitaro é a epítome do contemplativo e da música de sintetizador densamente melódica frequentemente associada com o movimento New Age. O próprio, sendo autodidacta, aprendeu sozinho a tocar guitarra eléctrica durante o seu ensino secundário - inspirado pelas sonoridades do R&B de Otis Redding. Nos anos 70, Kitaro formou a banda "Far East Family Band", que lançou dois álbuns de rock progressivo. Em 1972, porém conheceu o músico alemão Klaus Schulze durante uma viagem à Europa. Uma viagem marcante dado que a partir daí construiu o seu primeiro sintetizador e começou a experimentar uma plêiade de sons musicais novos e diferentes. O seu primeiro álbum a solo, "Astral Voyage" foi lançado em 1978 e rapidamente ganhou um culto de seguidores. Dois anos mais tarde, produziu a primeira de várias bandas sonoras para "Silk Road", uma série documental japonesa que decorreu durante cinco anos. Vários álbuns de música da série "Silk Road" foram lançados a um crescente número de fãs internacionais que admiravam a sua combinação entre a textura exuberante e majestática com a música gentil e por vezes naif. Kitaro, porém, era ainda considerado um artista underground nos Estados Unidos até ter assinado pela editora Geffen Records em 1986, na qual relançou sete dos seus álbuns anteriores dando-lhe o suporte para se expandir ainda mais musicalmente.

Discografia (seleção)[editar | editar código-fonte]

  • Asia (1975)
  • Ten Kai (1978)
  • Astral Voyage (1978)
  • In Person Digital (1978)
  • Millennia (1978)
  • From the Full Moon Story (1979)
  • Ki (1979)
  • Oasis (1979)
  • Silk Road vol.1 (1980)
  • Silk Road vol.2 (1980)
  • In Person Digital (1980)
  • Silk Road Suite (1980)
  • Tunhuang (1981)
  • The World of Kitaro (1981)
  • Ki (1981)

'

  • Millennia (1982)
  • Live in Budokan (1982)
  • Portopia '81 (1983)
  • Ten-Jiku (1983)
  • Live in Asia (1984)
  • Silver Cloud (1985)
  • Best Selection (1985)
  • Towards the West (1986)
  • Tenku (1986)
  • The Light of the Spirit (1987)
  • Ten Years (1988)
  • Kojiki (1990)
  • Live in America (1991)
  • Dream (1992)
  • Heaven & Earth (1993)
  • Mandala (1994)
  • Tokusen II (1994)
  • An Enchanted Evening (1995)
  • Peace on Earth (1996)
  • Cirque Ingenieux (1997)
  • The Soong Sisters (1997)
  • Gaia.Onbashira (1998)
  • Healing Forest (1998)
  • Noah's Ark (1999)
  • Thinking of You (1999)
  • Best of Kitaro vol.2 (1999)
  • Ancient (2000)
  • An Ancient Journey (2001)
  • Asian Café (2002)
  • Live in Yakushiji (2002)
  • Sacred Journey of Ku-Kai (2003)
  • Ninja Scroll (2003)
  • Sacred Journey of Ku-Kai vol.2 (2005)
  • Spiritual Garden (2006)
  • Sacred Journey of Ku-Kai vol.3 (2007)
  • Impressions Of The West Lake (2009)
  • Live in Zacatecas (2010)
Accordrelativo20060224.png Este artigo sobre um(a) músico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.