Kobayashi-ryu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Kobayashi-ryu
Chibana.jpg

Grafia
Outros nomes Kobayashi Shorin-ryu
Kanji 小林流
Origem
País  Japão
Cidade Shuri
Fundador Choshin Chibana
Influência
Antecedente(s) Shuri-te
Adéptos notáveis Shugoro Nakazato, Nakama Chozo, Yuchoku Higa
Representação
Líder Katsuya Miyahira
Afiliação Shorin-ryu
Karate icon.svg

Kobayashi-ryu (em japonês: 小林流, Kobayashi-ryũ)[a] é uma escola de caratê do estilo Shorin-ryu, dentre aquelas nas quais o sistema é hoje compreendido[b], fundada por Choshin Chibana.[1]

História[editar | editar código-fonte]

Depois do falecimento de Anko Itosu, Choshin Chibana, que era um de seus principais alunos, planeava continuar a treinar e ensinar o mesmo estilo de caratê ensinado por seu mestre, mantendo-se o nome de Shorin-ryu. Todavia, como pelo mestre foram usados os ideogramas "sho" (? miúdo, jito) e "rin" (? bosque), mas estes também podem sonar como "ko" e "hayashi", respectivamente, a escola também foi chamada de Kobayashi, o que nunca fez Chibana, pois sua intenção era prestar tributo ao templo Shaolin.[2] [3]

O primeiro dojô foi aberto em 1920, em Torihori, um distrito de Shuri.

Após o falecimento de Chibana, em 1969, os alunos mais graduados criaram suas próprias linhagens dentro do Kobayashi-ryu: Shubokan, por Nakama Chozo; Kyudokan, por Yuchoku Higa; Shidokan, por Katsuya Miyahira; Shorinkan, por Shugoro Nakazato; Shinshukan, por Yoshihide Shinzato. Entretanto, a liderança do estilo coube formalmente ao mestre Miyahira.[4]

No Brasil[editar | editar código-fonte]

No Brasil, o estilo foi introduzido pelo mestre Yoshihide Shinzato, que, depois de ter imigrado em 1954 para o país, passou a ensinar a arte marcial aos jovens de origem nipônica na própria residência. Posteriormente, aquele dojô cresce e se transforma numa grande entidade representativa do estilo Shorin-ryu, tendo adeptos e outras entidades filiadas no Brasil e no exterior. Atualmente, o líder da linhagem é o mestre Masahiro Shinzato.[5]

Características[editar | editar código-fonte]

Este ramo Shorin-ryu pratica os kata Pinan shodan, Pinan nidan, Pinan sandan, Pinan yondan, Pinan godan, Naihanchi shodan, Naihanchi nidan, Naihanchi sandan, Passai sho, Passai dai, Kusanku sho, Kusanku dai, Gojushiho, Rohai, Chinto, Wanshu.[6] [7]

Notas

[a] ^ A denominação da linhagem possui a mesma escrita do termo "shorin"; em japonês, ambas as palavras são grafadas com os mesmos ideogramas.[5] Porque outras escolas passaram a se chamar de Shorin-ryu, o termo "Kobayashi" tem sido acrescentado para diferenciar a linhagem de Choshin Chibana. Contudo, essa adição é ordinária apenas no ocidente, haja vista que os kanji 小 é logo identificado, e não há confusão sobre qual escola se trata, dentre aquelas em que se dividiu o estilo Shorin-ryu original.
[b] ^ O estilo Shorin-ryu tradicional de Oquinaua dividiu-se modernamente em quatro escolas: Kobayashi-ryu, Shobayashi-ryu, Matsubayashi-ryu e a linhagem ortodoxa de Sokon Matsumura.

Referências

  1. Cummins, William; Scaglione, Robert. Shorin-Ryu: Okinawan Karate Question and Answer Book (em inglês). North Clarendon: Tuttle, 1985. p. 21. ISBN 0804814260
  2. EASY (IER) KANJI - JLPT 4 KYUU (em inglês). Página visitada em 08.dez.2010..
  3. HARD (ER) KANJI - JLPT 2 KYUU (em inglês). Página visitada em 08.dez.2010.
  4. História do Karate. Página visitada em 18.fev.2011.
  5. a b História do Karatê Shorin - Ryu. Página visitada em 18.fev.2011.
  6. Okinawa Karate Of Twinsburg (Seijitsu Shin Do Kan), Twinsburg, Ohio - Okinawa Karate Of TwinsburgOkinawa Shorinryu Karatedo (em inglês). Página visitada em 05.nov.2012.
  7. Home - Tozaikan Dojo (em inglês). Página visitada em 05.nov.2012.