Shobayashi-ryu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Shobayashi-ryu
Kyan Chotoku.jpg

Grafia
Tradução Escola do pinheirinho
Outros nomes Shobayashi Shorin-ryu
Kanji 少林流
Origem
País  Japão
Fundador Chotoku Kyan
Eizo Shimabukuro
Influência
Antecedente(s) chuan fa, tode
Representação
Sítio oficial Sítio oficial
Karate icon.svg

Shobayashi-ryu (少林流, Shōbayashi-ryu?, escolha do pequenho pinheiro/floresta) é uma escola de caratê, do estilo Shorin-ryu}[a], fundada por Chotoku Kyan e, depois, por Eizo Shimabukuro, que incorporou outros kata. O estilo guarda estreita similitude de técnicas com o kobayashi-ryu, levando alguns a os considerar uma mesma linhagem mas com duas vertentes, apenas.[1]

História[editar | editar código-fonte]

O mestre Chotoku Kyan começou a treinar caratê ainda quando criança, no intuito de desenvolver seu físico e melhorar sua saúde debilitada. Assim, começou a treinar com Sokon Matsumura; depois, foi parar na escola de Anko Itosu. Os dois, reconhecidos mestres de shuri-te. O nome dado ao sistema era de Shorin-ryu.

Mais tarde, mestre Kyan foi treinar com Kokan Oyadomari, do estilo Tomari-te e habilidoso mestre de kobudo, em especial com bastão.[2]

Apesar de a escola Shobayashi ser puramente uma forma do estilo shorin-ryu, que tem mais técnicas velozes e lineares, não ficou imune às influências de outros estilos. Eizo Shimabukuro, antes de se tornar o principal aluno do mestre Kyan, estudou com Chojun Miyagi, expoente da linha naha-te e criador do estilo goju-ryu. Mestre Shimabukuro foi aluno de Choki Motobu e estudou o manejo de armas sob Taira Shinken. O mestre Kyan morreu em 1945, pelo que Shimabukuro assumiu o encargo de líder do sistema shobayashi-ryu.[3]

Deste modo, Sensei Eizo Shimabukuro, o atual líder, incorpou os katas sanchin e seienchin, do naha-te.[4] E outros proeminentes alunos do mestre Kyan iniciaram suas próprias escolas de caratê, ainda legatárias da linhagem original: Matsubayashi-ryu, de Shoshin Nagamine; Shorinji-ryu, de Joen Nakazato; Seibukan, de Zenryu Shimabukuro; e Isshin-ryu, de Tatsuo Shimabukuro.

Características[editar | editar código-fonte]

O nome da escola reflecte sua origem, intimamente ligada às escolas tradicionais de Oquinaua, e que mantêm especial apreço aos fundamentos oriundo desde a China. Em verdade o kanji (, «hayashi/bayashi») também pode ser pronunciado «rin». Deste modo, «Shobayashi» e «Shorin» são escritos da mesma forma, o que indica esse apego.

Tecnicamente, as escolas Shorin-ryu tendem a usar de bases mais altas do que os demais estilos, dando ao lutador maior mobilidade num combate, e também não enfatizam pressão para a frente, ao contrário, enfatiza-se a flexibilidade de postura, ora atacando, ora desviando.[5]

Notas

[a] ^ Considera-se a escola Shobayashi-ryu como sendo uma das quatro grandes escolas oriundas do Shorin-ryu tradicional de Oquinaua. As outras três são Kobayashi-ryu, Matsubayashi-ryu e a linhagem ortodoxa de Sokon Matsumura.

Referências

  1. Okinawan Karate Club of Dallas (em inglês). Página visitada em 22.dez.2010..
  2. HISTÓRIA SURPREENDENTE das artes marciais do karaté do ryu do shorin. Página visitada em 27.dez.2010.
  3. Reference for Shobayashi-ryu-Search.com (em inglês). Página visitada em 27.dez.2010.
  4. [http://www.atlantaokinawankarate.com/Shorin_Ryu.htm Shorin Ryu Karate, Shobayashi, Eizo Shimabukuro Hanshi - Okinawan Karate Club of Atlanta] (em inglês). Página visitada em 27.dez.2010.
  5. Kodenkan of Phoenix (em inglês). Página visitada em 27.dez.2010.
Ícone de esboço Este artigo sobre caratê é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.