Língua !kung

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
ǃKung (ǃXun, Ju, Zhu
Khoisan Norte (obsoleto))
Falado em: Namíbia
 Angola
Botswana
África do Sul
Total de falantes: ~45 mil
Família: Kx'a
 ǃKung
Códigos de língua
ISO 639-1: --
ISO 639-2: ---
ISO 639-3: vários:
oun — ǃʼOǃKung
mwj — Maligo
knw — ǀʼAkhwe
vaj — Vasekela
ktz — Juǀʼhoansi
aue — ǂKxʼauǁʼein

!Kung ou !Xun, também chamada Ju,[1] é um “continuun” de dialetos falados na Namíbia, Botsuana e Angola pelo povo !Kung. Junto com a Língua ǂHoan, formmm a família linguística das Línguas kx'a.!Kung é um dos ramos putativos das Línguas khoisans, sendo chamado de Khoisan orr nessa visão, mas a unidade dessas Khoisans nunca foi efetivamente demonstrada e pode ser tida com inverídica. No entanto, o termo "Khoisan" ainda é muito usado para agrupar tais línguas da África do Sudoeste.

A língua !Kung é conhecida por apresentar uma quantidade significativa de consoantes clique (fonética) e, além disso , tem umas maiores diversidades de vogais e consoantes do mundo. Ver em língua Juǀʼhoan.

Falantes[editar | editar código-fonte]

!Kung, se considerada como uma língua própria (não um conjunto de dialetos , é a segunda ou Terceira mais falada das línguas khoisans, depois da língua nama e talvez da sandawe.

São muito variadas as estimativas, mas há cerca de 30 a 60 mil falantes. Há muita discussão acerca das reais nomenclaturas e da real classificação das Khoisans o que faz com que alguns dialetos sejam contados mais de uma; desse modo Ethnologue reporta 6 mil falantes de ǃʼOǃKung, 7 mil de !Kung-Ekoka (|Akhwe) e mais de 6º mil da chamada "Vasekela Bushman", porém, adiante classifica essa Vasekela como sendo mesmo que OǃKung, sugerindo ainda que também pode ser o mesmo que !Kung-Ekoka. Além disso, reporta a existência de 34 mil falantes de Juǀʼhoan, 7 mil de ǂKxʼauǁʼein e 2 mil de Maligo,, sem informar as quantidades para os dialetos.

Até o final dos meados do século XX, os dialetos ǃʼOǃKung e Maligo estavam disperses no sul e nas áreas centrais de Angola. Porém, com a Guerra Civil Angolana, a maioria dos !Kung fugiram para a Namíbia (principalmente para a Faixa de Caprivi) e para a África do Sul. Botsuana abriga hoje uma minoria de falantes Juǀʼhoan, mas a Namíbia é o maior centro do povo e da língua !Kung.

Variantes[editar | editar código-fonte]

Os dialetos mais conhecidos do !Kung são o ǃʼOǃKung, o Tsumkwe Juǀʼhoan e ǂKxʼauǁʼein. Estudiosos diversos identificam entre 11 e 15 dialetos, que podem até não ser mutuamente inteligíveis se não forem geograficamente próximos. No atual estado de conhecimento dessas línguas e dialetos não como definir com precisão os limites.

Sands e outros classificam !Kung em quantro grupos dialetais:

  • Ju Norte: do Sul de Angola, junto aos rios Cunene, Cubango, Cuito, Cuando, havendo, porém, vários refugiados na Namíbia. São, dentre outros, OǃKung e Maligo
  • Ju Norte Central: da Namíbia, entre o rio Ovambo e a fronteira com Angola, junto aos afluentes a leste do Okavango próximo a Rundu e Etosha Pan: São o Tsintsabis, o Okongo, o Ovambo, Mpunguvlei, o :ǀʼAkhwe (Ekoka)
  • Ju Centralu: da area de Grootfontein, Namibia, a oeste do rio Omatako e sul do rio Ovambo
  • Ju do Sudeste: de Botsuana a leste do delta do rio Okavango e no nordeste da Namíbia, entre Windhoek até Rundu, Gobabis e Faixa de Caprivi: Aí estão os Tsumkwe, Omatako, Kameeldoring, Epukiro.

O dialeto ǂKxʼauǁʼein é tão pouco confirmado que nem pode ocupar um ponto dessa classificação, embora dentre esses grupos deve pertencer ao Sudeste.

Heine & Honken (2010) classificaram 11 dialetos em 3 grupos principais:[2]

  • !Xun Norte e Oeste'
 !Xun orte
Maligo (ethnolink – mwj) (!xuun, kúándò !xuun "Kwando !Xun"; SE Angola)
ǃʼOǃKung (ethnolink –oun) (!ʼo !uŋ "!Xun" da Floresta; Centro Leste Angola)
!Xun Oeste (ethnolink – knw) (Kung-Ekoka)
— (!xūún, !ʼālè !xòān "Valley !Xun"; Eenhana, N Namíbia)
|Akhwe (!xūún, ǀʼākhòè !xòān "Kwanyama !Xun"; Eenhana, N Namíbia)
Tsintsabis (!xūún; Tsintsabis, Tsumeb, N Namíbia)
Kavango !Xun (!xūúnou dom !xūún "!Xun do Rio" – em Ekoka; Rundu Oeste, N Namibia, & Angola adjacente)
  • !Xun Central [pouco atestado]
Gaub (Tsumeb, N Namíbia)
Neitsas (Grootfontein, N Namíbia)
  • !Xun Sudoeste
Juǀʼhoan (ethnolink – ktz) (ju-|ʼhoan(-si); Tsumkwe , N Namíbia, & Botsuana adjacente)
Dikundu (!xun, ju-|ʼhoa(si); Dikundu, Caprivi Oeste)
ǂKxʼauǁʼein (ethnolink – que) (ju-|ʼhoan(-si), !xun, ǂxʼāōǁʼàèn "Povo do Norte"; Gobabis, E Namibia)

Ethnologue 16 assinala um código iso para os "Vasekela Bushman", Predefinição:Ethnolink, cuja identificação não é clara e pode ser de um dialeto unificado ao !Kung total.

Proto língua[editar | editar código-fonte]

A língua ancestral, Proto-Juu ou Proto-!Xun, apresenta cinco pontos de articulação para os Cliques : Dental, Alveolar, Palatal, Alveolar Lateral e Retroflexivo (*ǃ˞ ou *‼). Os cliques retroflexivos desapareceram nos dialetos do Sudeste como Juǀʼhoan, mas permanecem em !Kung Central. Em alguns dialetos do Norte e Centro-Norte esses aparecem como cliques laterais adicionais. Desse modo, esses dialetos apresentam contrastes entre cliques dentais laterais e cliques palatais ou alveolares.

Proto-Juu 'Ventre' *ǃ˞ (‼) 'Águar'
SE (Tsumkwe) ᶢǃű ᶢǃű
N (Okongo) ᶢǃű ᶢǁű
NW (Mangetti Dune) ᶢǃű ᶢǁ̪ű (|||)
C (Neitsas/Nurugas) ᶢǃú ᶢǃ˞ú (‼)

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. O termo !Kung é tipicamente usado quando se considera que os diversos dialetos constituem uma única língua; Ju é mais usado por vezes para se referir aos dialetos do norte ou do noroeste, em oposição aos ditos Juǀʼhoansi do sudeste, que são mais bem documentados. Porém, os falantes de quase todos dialetos chamam a si próprios de !Xun (!Kung). Outros nomes de '!Kung / !Xun são ǃHu, ǃKhung, ǃKu, Kung, Qxü, ǃung, ǃXo, Xû, ǃXû, Xun, ǃXung, ǃXũũ, !Xuun, e os outros nomes de Ju são Dzu, Juu, Zhu
  2. Heine, B. and Honken, H. 2010. "The Kx'a Family: A New Khoisan Genealogy". Journal of Asian and African Studies (Tokyo), 79, p. 5–36.

Referências externas[editar | editar código-fonte]