Línguas turcomanas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Países (azul escuro) e subdivisões autónomas (azul claro) onde uma língua à famílias turcomana tem estatuto oficial.

As línguas turcomanas ou turcas, também ditas túrquicas, túrcicas, ou ainda turco-tártaras, formam um ramo da família de línguas altaicas, totalizando cerca de trinta idiomas, falados do Leste Europeu até a parte mais ocidental da China e norte da Sibéria, com cerca de 140 milhões de falantes nativos.

Divide-se em cinco ramos principais: o kiptchak, o oguz, o arghu, o uigur e o siberiano. Entre as principais línguas turcomanas estão o turco, o azeri, o turcomeno, o cazaque, o uzbeque, e o quirguiz.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre linguística ou um linguista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.