Lago Assal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Lago Assal
O Lago Assal rodeado pelas montanhas, na região de Tajdoura, Djibuti.
Localização
Localização região de Tadjourah
País Djibouti
Características
Tipo Lago de cratera
Área * 54 km²
Comprimento máximo 10 km
Largura máxima 7 km
Profundidade média 7,4 m
Profundidade máxima > 20 m
Volume * 400.000.000 km³
* Os valores do perímetro, área e volume podem ser imprecisos devido às estimativas envolvidas, podendo não estar normalizadas.

O lago Assal é um importante lago formado na cratera de um vulcão extinto situado na região de Tadjourah, fronteiro à região de Dikhil, no Djibuti, na África, e representa o ponto de menor altitude da África, a cerca de 155 metros abaixo do nível do mar. Tem uma área aproximada de 54 km².

É considerado o lago mais salgado do mundo e, devido a esta característica, é um local frequentado pelos beduínos e caravanas etíopes que usam o sal como moeda de troca.

Tem um profundidade média de 7,4 metros e máxima superior a 20 metros e suporta 400 000 000 m³ de água. É rodeado por várias salinas, exploradas pelos transeuntes e outros que ocuparam a região circundante ao lago e que transformaram o sal na maior fonte de riqueza local, exportando-o para países como a Etiópia.

Também é procurado por vários turistas que aproveitam a água salobra como tratamentos de pele e de doenças dos ossos, como a osteoporose que afecta grande parte da população dos países desenvolvidos.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Fontes e referências[editar | editar código-fonte]

  • Dicionário Ilustrado das Maravilhas Naturais do Mundo, Ed. Selecções do Reader's Digest, 1980.