Lee Kuan Yew

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Lee Kuan Yew em 2002.

Lee Kuan Yew (em chinês: 李光耀, pinyin: Lǐ Guāngyào; nome de batismo: Harry Lee Kuan Yew (16 de setembro de 1923) foi o primeiro-ministro de Singapura de 1959 a 1990.

Co-fundador e secretário-geral do Partido da Ação Popular (PAP), Lee levou o partido a uma vitória esmagadora nas eleições de 1959,[1] coordenou a separação de Cingapura da Federação da Malásia em 1965 e foi o líder nacional durante a transformação de Singapura, que passou de um entreposto colonial subdesenvolvido para ser um dos Tigres Asiáticos, com uma economia típica de Primeiro Mundo.[2] Lee continua a ser uma das figuras políticas mais importantes do Sudeste Asiático.

Seu sucessor, Goh Chok Tong, concedeu a Lee o cargo de Ministro Sênior. No governo seguinte, do filho de Lee Kuan Yew, Lee Hsien Loong, Lee Kuan Yew assumiu o cargo de Ministro Mentor.

Referências

  1. Hoe Yeen Nie. "State of Singapore came into being 50 years ago on 3 June", Channel News Asia, 2 June 2009. Página visitada em -. (em inglês)
  2. Paul Krugman. The Myth of Asia's Miracle (em inglês)