Lenços de namorados

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O lenço dos namorados"é um lenço fabricado a partir de um pano de linho fino ou de lenço de algodão, bordado com motivos variados. É uma peça de artesanato e vestuário típico do Minho, sendo usado por mulheres com idade de casar1

Era hábito a rapariga apaixonada bordar o seu lenço e entregá-lo ao seu amado quando este se fosse ausentar. Nos lenços poderiam ter bordados versos, para além de vários desenhos, alguns padronizados, tendo simbologias próprias.2

Era usado como ritual de conquista. Depois de confeccionado, o lenço acabaria por chegar à posse do homem amado, que o passaria a usar em público como modo de mostrar que tinha dado início a uma relação.3 Se o namorado (também chamado de conversado) não usasse o lenço publicamente era sinal que tinha decidido não dar início a ligação amorosa.4

É provável que a origem dos "Lenços de Namorados", também conhecidos por "Lenços de Pedidos" esteja intimamente ligada aos lenços senhoris dos séculos XVII - XVIII, que posteriormente foram adaptados pelas mulheres do povo, adquirindo os mesmos, consequentemente, um aspecto mais popular.

Existe actualmente uma comissão técnica que funciona como órgão avaliador e de certificação deste tipo de artersanato regional5

Referências

  1. ADERE - lenços de namorados
  2. Pegue na agulha e borde...um LENÇO DE NAMORADOS - Maria Luísa V. de Paiva Boléo - Notícias Magazine - 14 de Fevereiro de 1999
  3. Lenços dos namorados expostos junto à Sé de Lisboa - Jornal de Notícias - 31 de Janeiro de 2007
  4. Lenços de Namorados - Câmara Municipal de Espinho
  5. Asociação para o Desenvolvimento Regional do Minho - Regulamento

Lenços de Namorados de Aboim da Nóbrega[editar | editar código-fonte]