Ligamento sarja

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Merge-arrows 2.svg
Foi proposta a fusão deste artigo ou se(c)ção com Sarja. Por favor crie o espaço de discussão sobre essa fusão e justifique o motivo aqui; não é necessário criar o espaço em ambas as páginas, crie-o somente uma vez. Perceba que para casos antigos é provável que já haja uma discussão acontecendo na página de discussão de um dos artigos. Verifique ambas (1, 2) e não se esqueça de levar toda a discussão quando levar o caso para a central.
Editor, considere adicionar mês e ano na marcação. Isso pode ser feito automaticamente, com {{Fusão|1=Sarja|{{subst:DATA}}}}.
Question book.svg
Esta página ou se(c)ção não cita fontes fiáveis e independentes (desde setembro de 2009). Por favor, adicione referências e insira-as no texto ou no rodapé, conforme o livro de estilo. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde setembro de 2009).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Ligamento Sarja 2x1

Ligamento é a forma como os fios que compõem um tecido, o urdume e a trama, se entrelaçam. Do modo geral existem três ligamentos básicos: sarja, cetim e trama.[1]

O ligamento sarja é uma estrutura ou padrão de tecelagem que possui repetição mínima de três fios de urdume e trama, e distingue-se por sua diagonal bem definida. Podendo esta diagonal ser direita (aclive) ou esquerda (declive)

O entrelaçamento em diagonal possibilita maleabilidade e resiliência aos tecidos. O tecido em ligamento sarja é frequentemente mais firme do que o tecido em ligamento tela, tendo menos tendência a se sujar, apesar de ser de lavagem mais difícil. Tendo quase sempre seu avesso diferente do direito.

No tecer pede ou excêntricos ou, dependendo do tamanho da sarja, maquineta para abertura da cala.

Podem-se produzir tecidos como: brim, denim (para jeans), sarja, serge, foulard, surah, tweed e gabardina.

Referências