Limoges

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Limoges
—  Comuna francesa França  —
Imagens de Limoges
Imagens de Limoges
Brasão de armas de Limoges
Brasão de armas
Limoges está localizado em: França
Limoges
Localização de Limoges na França
45° 51' N 1° 15' E
País  França
Região Blason région fr Limousin.svg Limousin
Departamento Blason département fr Haute-Vienne.svg Haute-Vienne
Área
 - Total 78,03 km²
Altitude 294 m (965 pés)
População (2010)[1]
 - Total 139 150
    • Densidade 1 783,3/km2 
Código Postal 87000, 87100, 87280
Código INSEE 87085
Sítio http://www.ville-limoges.fr/

Limoges (em occitano: Lemòtges ou Limòtges) é uma cidade de França, capital do departamento de Haute-Vienne, e capital administrativa da região Limousin. A população da área urbana é de 248 000 habitantes (138 000 na cidade).

Limoges é conhecida mundialmente pelo seus esmaltes medievais (esmaltes de Limoges) sobre cobre, pela sua porcelana (porcelana de Limoges) e pelos seus barris de carvalho que são usados na produção de conhaque. O adjetivo pátrio referente a Limoges é limusino.

História[editar | editar código-fonte]

Limoges foi fundada por volta de 10 a.C. pelo imperador César Augusto com o nome de Augustórico (em latim: Augustoritum). Foram construídos vários monumentos romanos: uma ponte de pedra, um fórum, termas, um anfiteatro, um teatro, aquedutos subterrâneos, ruas no formato ortogonal, e moradias luxuosas.

A partir do início do século IV a cidade foi perdendo população e ocorreram alguns saques.

A cidade de Limoges foi famosa na Idade Média pelos seus esmaltes sobre cobre.

O sindicato francês CGT-Confédération Générale du Travail foi fundado em Limoges a 23 de Setembro de 1895.

Limoges foi um dos centros da resistência francesa à ocupação nazi na segunda guerra mundial.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Limoges está situada nas margens do rio Vienne, a 150 km do oceano Atlântico. Marca o início da zona montanhosa denominada Massif Central.

Zonas industriais[editar | editar código-fonte]

Limoges possui várias zonas industriais: Nord (ZIN) no norte, a de Magré-Romanet, e no sul a de route du Palais.

Porcelana[editar | editar código-fonte]

Em 1771 a argila de caulino, indispensável para a produção de porcelana foi descoberta em Saint-Yrieix-la-Perche, localidade perto de Limoges. Impulsionado pelo economista Turgot ocorreu o desenvolvimento da indústria cerâmica, e a porcelana de Limoges tornou-se famosa durante o século XIX.

Ensino[editar | editar código-fonte]

Em 1968 foi fundada a Universidade de Limoges.

Filhos da terra[editar | editar código-fonte]

Limoges é a cidade natal de:

Cidades geminadas[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Limoges

Referências

  1. Populations légales des communes en vigueur au 1er janvier 2013 (em francês) www.insee.fr INSEE (dezembro de 2012). Visitado em 3 de abril de 2013.