Lloyd Mathews

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Lloyd Mathews
Nascimento 7 de março de 1850
Funchal, Madeira, Portugal
Morte 3 de novembro de 1907 (57 anos)
Zanzibar, Tanzânia
Nacionalidade Reino Unido Britânico
Ocupação Político

Sir Lloyd William Mathews KCMG, CB (7 de março de 1850 em Funchal, Madeira11 de outubro de 1901 em Zanzibar) foi um oficial da Marinha Real, político e abolicionista britânico.

Em outubro de 1891 recebeu o cargo de Primeiro-ministro ao governo de Zanzibar, uma posição na qual ele era "irremovível pelo sultão". Durante este tempo, Mathews era um ávido abolicionista e promoveu esta causa aos sultões com quem trabalhou. Isto resultou na proibição do tráfico de escravos nos domínios de Zanzibar em 1890 e a abolição da escravidão em 1897.

Mathews morreu de malária em Zanzibar em 11 de outubro de 1901, e foi enterrado com todas as honras militares no cemitério britânico fora da Cidade de Pedra. Seu sucessor como primeiro-ministro foi A.S. Rogers.[1]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Pouwels 1987, p. 185.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]