Marcus Davis

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Marcus Davis
Marcus Davis UFC 80.JPG
Estatísticas
Apelido Irish Hand Grenade
The Celtic Warrior
Altura 1,73 m
Peso 71 kg
Nacionalidade Estados Unidos Estadunidense
Data de nascimento 24 de agosto de 1973 (41 anos)
Cidade natal Houlton, Maine, Estados Unidos
Modalidade Boxing, Jiu-Jitsu Brasileiro
Equipe/associação Team Sityodtong
Cartel no MMA
Total {{{Total}}}
Vitórias 17
    Por nocaute 6
    Por finalização 8
    Por decisão 3
Derrotas 8
    Por nocaute 3
    Por finalização 2
    Por decisão 3
Marcus Davis no Sherdog

Marcus Paul Davis (Houlton, 24 de agosto de 1973), é um estadunidense de origens Irlandesas lutador de MMA.[1] Ele atualmente luta na categoria dos Meio Médios no Ultimate Fighting Championship e em outras promoções independentes nos Estados Unidos. Ele era combatente no The Ultimate Fighter 2, transmitido pela Spike TV.

Vida[editar | editar código-fonte]

Davis nasceu em Houlton, Maine. Sua familia é natural de Waterford, Irlanda.[1]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Marcus começou a lutar boxe com 14 anos. Quando tinha 19, ele começou sua carreira profissional vencendo um lutador chamado Luis Guzman por TKO no segundo round em abril de 1993. Ele seguiu um score de 17–1–2 nos sete anos seguintes nos circuitos de New England. Sua última luta como boxeador foi marcada com uma derrota por TKO para o veterano de 34 anos Ed Bryant, fazendo Marcus repensar sua carreira[2] . Ele então ficou entusiasmado com o MMA, saido do boxe defitivamente após uma derrota em outubro de 2000.[3]

MMA[editar | editar código-fonte]

Privilegiando o boxe, Marcus teve seu contato com MMA aos oito anos de idade. [4] Em 1995, Davis, então morando em Massachusetts, começou a treinar agarramento com Joe Maffei. Em 1997, ele mudou-se para Bangor e abriu um escola de MMA, enquanto administrava um bar. Nesse período, Marcus voltou-se para o Miletich Fighting Systems em 2000. mais recentemente, ele estava treinando com Mark Dellagrotte e sua própria equipe em Bangor, a Team Sityodtong.[5] Ele também com freqüência visitava a academia de Jorge Gurgel em West Chester, Ohio.[carece de fontes?] Marcus Davis tornou-se lutador profissional de MMA em 22 de Agosto de 2003, vencendo Shaun Gay por nocaute no primeiro round. Em 2005, Marcus participou do The Ultimate Fighter 2. Vindo com reputação de bom boxeador, ele enfrentou Joe Stevenson no episódio quatro e mostou que a luta era entre incopatíveis, pois Davis foi rapidamente derrubado e finalizado por Steverson. Ele retornou mais tarde no décimo episódio para enfrentar Jason Von Flue, que havia sofrido um corte na testa nos treinamentos pouco antes de lutar. Todavia, o ferimento foi curado. Marcus lutou nas eliminatórias, mas perdeu para Melvin Guillard.

Seguindo nas temporadas, Davis teve que retirar-se devido a uma lesão sofrida no ombro contra Joe Stevenson, mas voltou a treinar para o MMA. Ele venceu onze lutas na sequência, incluindo um triunfante retorno ao UFC no Ortiz vs. Shamrock 3: The Final Chapter. Pode, a partir daí, ser considerado um lutador de MMA, e não um lutador que luta MMA.

Na luta de Davis contra Paul Taylor no UFC 75 em Londres, Inglaterra [6] ele foi derrubado com um golpe no pescoço, mas conseguiu recuperar-se e, ganhando o controle da luta, encaixou um armbar, que Taylor desesperadamente tentava se livrar. Marcus foi premiado com o Fight of the Night assim como o Submission of the Night por essa luta. Por esses prêmios, ele foi apreciado com $80,000 dólares em bônus. Sua luta seguinte foi uma vitória por nocaute contra Jess Liaudin no UFC 80 em Newcastle upon Tyne, Inglaterra.

Marcus Davis perdeu para Mike Swick no UFC 85 por decisão unânime, acabando com um ciclo de seis lutas imbatível no octógono, alem de onze lutas seguidas no MMA. Ele voltou a vencer com uma finalização em cima do Inglês Paul Kelly no UFC 89.

Davis lutou contra Chris Lytle no UFC 93 em 17 de Janeiro de 2009. Ambos os lutadores são ex boxeadores, e já haviam discutido uma luta potencial desde 2008.[7] Lytle chamou Davis para o UFC 89. Ele sugeriu que a luta ocorresse na Irlanda, local onde Davis tinha simpatia do público devido as suas origens Irlandesas. Como luta principal, ambos os lutadores prometeram mater a luta competitive e em pé até o final, evitando uma luta no chão. Lytle conseguiu atordoar Davis diversas vezes, mas Davis usou um chutes no alto, vencendo a luta por decisão não unânime. [8] A luta dividiu o Fight of the Night com a luta entre Coleman e Rua, dando a Davis um bônus de $40,000.[9]

Davis lutou em 13 de Junho de 2009 contra Dan Hardy. A luta otnou-se pessoal quando Hardy ofendeu Davis por derrotar lutadores Ingleses que lutavam na Inglaterra. Hardy chamou Davis de "Falso Irlandes " e "Plastic Paddy", dizendo em seu website que "parecia que os desfiles do dia de St. Patrick haviam explodido ".[10] [11] Então no [Cagewarriors.com], Hardy postou fotos de Davis, que foram editados com versões humorísticas por usuários do fórum. Algumas dessas edições continham imagens homossexuais, aumentado as hostilidades entre os dois. Hardy venceu a luta por decisão não unânime. Após a luta, Davis expressou sua raiva com a decisão, dizendo, "Eu venci a luta. Eu ganhei 12 minutos da luta e deram para ele? Pode apostar que eu quero uma revanche, com certeza”.

Davis sofreu a sua primeira derrota por nocaute contra Ben Saunders em 21 de Novembro de 2009 no UFC 106.[12] Esse nocaute resultou em Davis recebendo uma suspensão médica de seis meses devido a um nariz quebrado. [13]

Davis lutou contra Jonathan Goulet no UFC 113.[14] Ele venceu via TKO (Punches) no segundo round.

Davis perdeu para Nate Diaz em 28 de Agosto de 2010 no UFC 118 via finalização técnica (Guilhotina) no terceiro round. [15]

Em uma entrevista dada à [MMA Junkie.com] Davis confirmou que irá cair para a divisão de pesos leves na sua próxima luta no UFC, tendo reconhecido que poderia lutar melhor nessa categoria. Davis também confirmou que ele está pensando em uma aposentadoria, dizendo "Eu pretendo terminar minha carreira nos pesos leves, e tentarei entreter algumas pessoas antes da minha grande retirada," Davis também afirmou que "É onde eu normalmente e naturalmente irei, e por isso eu vou lutar agora", referindo-se à divisão de pesos leves. "Isso faz mais sentido, pois eu vou poder competir melhor porque a mudança de categoria não será tão drámatica." [16]

Marcus é duas vezes casado e duas vezes divorciado. Ele tem quatro filhos, Monica, Alexis, Emma, e Duncan. [17] Davis agora possui uma noiva.[18]

Cartel no MMA[editar | editar código-fonte]

Res. Cartel Oponente Método Evento Data Round Tempo Local Notas
Derrota 22-10 (1) Rússia Alexander Sarnavskiy Finalização (mata leão) Bellator 101 27/09/2013 1 1:40 Estados Unidos Portland, Oregon Quartas de Final do Torneio dos Leves da 9ª Temporada.
Vitória 22-9 (1) Estados Unidos Darrius Heyliger Decisão (unânime) NEF - Fight Night 7 18/05/2013 3 5:00 Estados Unidos Lewiston, Maine
NC 21-9 (1) Estados Unidos Waachiim Spiritwolf Sem Resultado (joelhada na virilha) Bellator 93 21/03/2013 1 3:05 Estados Unidos Lewiston, Maine Estréia no Bellator
Vitória 21–9 Estados Unidos David Bielkheden Decisão (unânime) Superior Challenge 8 06/10/2012 3 5:00 Suécia Malmö
Derrota 20–9 Estados Unidos Chuck O'Neil Decisão (dividida) W-1: Reloaded 15/10/2011 3 5:00 Estados Unidos Miami, Florida
Vitória 20–8 Estados Unidos Travis Coyle Finalização (guilhotina) Global Fight League 13: Heavy Hitters 23/09/2011 1 1:07 Estados Unidos Portland, Maine
Vitória 19–8 Estados Unidos Pete Spratt Decisão (unânime) MFC 30 10/06/2011 3 5:00 Canadá Edmonton, Alberta Voltou aos Meio Médios
Vitória 18–8 Estados Unidos Curtis Demarce Decisão (dividida) MFC 29 08/04/2011 3 5:00 Canadá Windsor, Ontario Estréia no MFC
Derrota 17-8 Estados Unidos Jeremy Stephens Nocaute (soco) UFC 125: Resolution 01/01/2011 3 2:33 Estados Unidos Las Vegas, Nevada Luta nos Leves
Derrota 17-7 Estados Unidos Nate Diaz Finalização Técnica (guilhotina) UFC 118: Edgar vs. Penn II 28/08/2010 3 4:02 Estados Unidos Boston, Massachusetts Luta da Noite.
Vitória 17–6 Canadá Jonathan Goulet Nocaute Técnico (socos) UFC 113: Machida vs. Shogun II 08/05/2010 2 1:23 Canadá Montreal, Quebec
Derrota 16–6 Estados Unidos Ben Saunders Nocaute (joelhadas) UFC 106: Ortiz vs. Griffin II 21/11/2009 1 3:24 Estados Unidos Las Vegas, Nevada
Derrota 16–5 Inglaterra Dan Hardy Decisão (dividida) UFC 99: The Comeback 13/06/2009 3 5:00 Alemanha Cologne
Vitória 16–4 Estados Unidos Chris Lytle Decisão (dividida) UFC 93: Franklin vs. Henderson 17/01/2009 3 5:00 República da Irlanda Dublin Luta da Noite
Vitória 15–4 Inglaterra Paul Kelly Finalização (guilhotina) UFC 89: Bisping vs. Leben 18/10/2008 2 2:16 Inglaterra Birmingham
Derrota 14–4 Estados Unidos Mike Swick Decisão (unânime) UFC 85: Bedlam 07/06/2008 3 5:00 Inglaterra Londres
Vitória 14–3 França Jess Liaudin Nocaute (soco) UFC 80: Rapid Fire 19/01/2008 1 1:04 Inglaterra Newcastle upon Tyne
Vitória 13–3 Inglaterra Paul Taylor Finalização (chave de braço) UFC 75: Champion vs. Champion 08/09/2007 1 4:14 Inglaterra Londres Luta da Noite e Finalização da Noite
Vitória 12–3 Inglaterra Jason Tan Nocaute (soco) UFC 72: Victory 16/06/2007 1 1:15 Irlanda do Norte Belfast Nocaute da Noite
Vitória 11–3 Estados Unidos Pete Spratt Finalização (chave de aquiles) UFC 69: Shootout 07/04/2007 2 2:57 Estados Unidos Houston, Texas
Vitória 10–3 Estados Unidos Shonie Carter Decisão (unânime) UFC Fight Night: Sanchez vs. Riggs 13/12/2006 3 5:00 Estados Unidos San Diego, California
Vitória 9–3 Estados Unidos Forrest Petz Finalização (guilhotina) Ortiz vs. Shamrock 3: The Final Chapter 10/10/2006 1 4:58 Estados Unidos Hollywood, Florida
Vitória 8–3 Estados Unidos Mike Vaughn Finalização (chave de braço) Wild Bill's – Fight Night 4 08/09/2006 1 4:14 Estados Unidos Georgia
Vitória 7–3 Estados Unidos Jason Hathaway Nocaute Técnico Wild Bill's – Fight Night 3 14/07/2006 1 Estados Unidos Georgia
Vitória 6–3 Estados Unidos Doug Gordon Decisão (unânime) CFFC 1 – Cage Fury Fighting Championships 1 30/06/2006 3 5:00 Estados Unidos New Jersey
Vitória 5–3 Estados Unidos Craig Gunder Finalização (guilhotina) CZ 16 – In the Cage 2 13/05/2006 1 Estados Unidos New Hampshire
Vitória 4–3 Estados Unidos Andy Normington Finalização (neck crank) CZ 14 – In the Cage 08/04/2006 1 1:41 Estados Unidos New Hampshire
Derrota 3–3 Estados Unidos Melvin Guillard Nocaute Técnico (corte) The Ultimate Fighter 2 Finale 05/11/2005 2 2:55 Estados Unidos Nevada
Vitória 3–2 Cazaquistão Renat Myzabekov Finalização Técnica (chave de braço) CZ 10 – Ground War 02/04/2005 1 1:19 Estados Unidos Massachusetts
Vitória 2–2 Estados Unidos Shawn Gay Nocaute Técnico CZ 7 – Gravel Pit 10/07/2004 1 1:33 Estados Unidos Massachusetts
Derrota 1–2 Estados Unidos Nuri Shakir Finalização (mata leão) MMA – Eruption 30/04/2004 3 2:38 Estados Unidos Massachusetts
Derrota 1–1 Brasil Thiago Alves Decisão (dividida) HFC 2 – Hardcore Fighting Championships 2 18/10/2003 3 5:00 Estados Unidos Massachusetts
Vitória 1–0 Estados Unidos Shawn Gay Nocaute Técnico ISCF – Friday Night Fights 22/08/2003 1 2:09 Estados Unidos Georgia

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b Dan Hardy's UFC clash with Marcus Davis set to produce fireworks
  2. Feature on Yahoo Sports
  3. Interview with UFC.com - Outubro 7, 2006 Retrieved Outubro 19, 2006
  4. Interview with MMAWeekly.com from Outubro 4, 2005 Retrieved Outubro 19, 2006
  5. Interview with WrestlingObserver.com from Setembro 13, 2005 Retrieved Outubro 19, 2006
  6. Welterweights Added to UFC 75 Nokaut (Julho 26, 2007). Visitado em 2007-07-26.
  7. Marcus Davis vs Chris Lytle on tap for UFC 93, MMAJunkie.com (2008-11-03)]
  8. Henderson Edges Franklin with Split Decision, Sherdog.com (2009-01-18)
  9. UFC 93 Notebook: Judging Judges Sherdog.com (2009-01-19)
  10. Hardy's digs getting under Davis' skin ESPN (2009-06-09). Visitado em 2009-06-10.
  11. http://www.vancouversun.com/sports/mma/Marcus+Davis+Hardy+battle+national+pride/1690427/story.html
  12. Welterweights Marcus Davis and Ben Saunders agree to UFC 106 contest in Las Vegas MMAjunkie.com (2009-09-08). Visitado em 2009-09-08.
  13. http://mmajunkie.com/news/16972/ufc-106-medical-suspensions-griffin-cane-davis-and-dent-suspended-up-to-six-months.mma
  14. Marcus Davis interview with LowKick.com from Fevereiro 14 Lowkick.com (2009-01-19)
  15. UFC118 Results - Nate Diaz puts Marcus Davis to sleep sbnation.com (2010-08-28).
  16. UFC vet Marcus Davis dropping to lightweight, contemplating retirement. Visitado em 27 Outubro 2010.
  17. marcus Davis Biofile
  18. Davis' Quest for a Storybook Ending UFC.com (2010-08-24). Visitado em 2010-08-25.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]