Mark Blaug

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita fontes fiáveis e independentes, mas elas não cobrem todo o texto. (desde julho de 2010) Ajude a melhorar esta biografia providenciando mais fontes fiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes fiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Mark Blaug
Nascimento 3 de abril de 1927 (87 anos)
Haia, Países Baixos
Ocupação Economista

Mark Blaug (Haia, Países Baixos, 3 de Abril de 1927 (87 anos)) foi um economista britânico nascido na Holanda, que contribuiu para um amplo número de tópicos ao longo de sua carreira.[1] Em 1955 Blaug recebeu seu PhD pela Universidade de Columbia em Nova Yorksobre a orientação de George Stigler. Atualmente vive em Leida e trabalha como professor visitante nos Países Baixos, na Universidade de Amsterdão e na Erasmus Universiteit Rotterdam], onde é co-diretor do CHIMES (Center for History in Management and Economics).

Mark Blaug é mais conhecido no Brasil pelo seu trabalho na área de história do pensamento econômico.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Ricardian Economics. A Historical Study, 1958.
  • Economic Theory in Retrospect, first edition 1962, 5th revised edition 1997.
  • The Methodology of Economics, or How economists Explain, 1980 (revised edition, 2006).
  • Economic History and the History of Economics, 1986.
  • Great Economists Before Keynes: A Introduction to the Lives and Works of 100 Economists of the Past, 1986.
  • Economic Theories. True or False?, 1990.
  • Appraising Economic Theories: Studies in the Methodology of Research Programs (ed. with Neil de Marchi), 1991.
  • Not Only an Economist. Recent Essays, 1997.

Referências

Notas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre economia é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.