Mark Martin

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Mark Martin nasceu em 9 de Janeiro de 1959 na cidade de Batesville, Arkansas, e é um piloto de automóvel americano que corre pela NASCAR.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Início[editar | editar código-fonte]

Mark Martin durante sua adolescência competia em categorias off-road em seu estado natal do Arkansas, mostrando competência vencendo provas na sua terceira tentativa.

Em 1976 começou a dirigir carro V-8 e no ano seguinte competia em circuitos asfaltados.

ASA e IROC[editar | editar código-fonte]

Mark Martin passou a correr pela American Speed Association (ASA) em 1977 sendo o novato do ano na categoria e nos 3 anos seguintes se tornando tri-campeão.

Com o seu retorno ao ASA após 3 anos pilotando na NASCAR, conquistou o tetra-campeonato da categoria em 1986.

Martin também foi penta-campeão do International Race of Champions (IROC) nos anos de 1994, 96, 97, 98 e 2005. Possui 13 vitórias somando todas as suas participações

NASCAR[editar | editar código-fonte]

Carro utilizado por Martin em 2005 na prova noturna de Daytona

Mark Martin estreou na NASCAR em 1981 diretamente na Nextel Cup (ex Winston Cup), ainda única divisão, por sua própria equipe em 5 provas conquistando na etapa de Martinsville a terceira colocação. Na temporada seguinte Martin correu durante a temporada toda conseguindo 2 quintos lugares e a décima quarta posição no campeonato. Nesse mesmo ano realizou uma etapa no campeonato inaugural da Busch Series não obtendo grande sucesso.

No campeonato da Nextel Cup de 1983, Martin iniciou o campeonato normalmente realizando as 9 primeiras etapas, mas nas 21 restantes correu em apenas 7 provas sendo seu melhor resultado um terceiro lugar em Darlington. Após essa temporada Martin afastou-se da NASCAR devido a falta de dinheiro para manter sua equipe.

Sua volta ocorreu em 1986 em 5 provas na divisão principal. Para 1987 Mark Martin iniciou uma temporada completa na Busch Series pela Roush Racing conquistando 3 vitórias em 27 provas disputadas . Em 1988 correu também pela Roush, mas dessa vez a temporada da Nextel Cup. Sua vitória na divisão principal só viria no ano seguinte na etapa da Carolina do Norte.

Durante toda a década de 90, Martin realizava temporadas completas na Nextel e várias provas na Busch durante o mesmo ano. Conquistou 36 vitórias na Busch durante esse período.

A temporada de 1990 de Martin trouxe a sua primeira demonstração de força terminando com o vice-campeonato da Nextel Cup atrás apenas de Dale Earnhardt com 26 pontos a menos. Nos 2 anos seguintes conseguiu algumas vitórias mas nunca chegou a almejar o título.

O ano de 1993 trouxe 5 vitórias para Martin e a terceira colocação do campeonato para então em 1994 conquistar mais um vice-campeonato ficando atrás pela segunda vez de Dale Earnhardt, porém desta vez por uma grande diferença de 444 pontos.

Nos anos de 1995, 96, 97, 98 e 99, Martin manteve sua regularidade conquistando vitórias e terminando sempre entre os 5 primeiros do campeonato sendo em 1998 o seu terceiro vice-campeonato perdido dessa vez para Jeff Gordon.

2000 e 2001 não foram bons anos para Martin terminando respectivamente em 8° e 12° no campeonato com apenas 1 vitória nesse período. Esses maus resultados acabaram quando em 2002 conquistou seu quarto vice-campeonato a 38 pontos do campeão Tony Stewart. Os problemas dos anos anteriores voltaram colocando Martin terminou apenas na 17° colocação do campeonato de 2003.

Em 2004 Martin conquistou sua participação no play-off com uma vitória em Dover. Disputou o título até a última etapa terminando na quarta colocação no final.

Mark Martin mantém sua regularidade na Nextel Cup em 2005 conquistando sua classificação ao Chase correndo sempre com o carro #6 da Roush Racing . Conquistou o prêmio de $1,000,000 ao vencer o All Star Challenge disputado no Lowe's Motor Speedway, prova que não conta pontos para o campeonato, e também no Kansas Speedway.

No mesmo ano, Mark Martin chega a anunciar sua aposentadoria, mas o dono de sua equipe, Jack Roush pede a ele para correr em 2006, pois havia acabado de perder Kurt Busch para a Penske, Martin aceita e corre em 2006, terminando o campeonato em nono, não vencendo nenhuma prova naquele ano.

Em 2007, é chamado pela Ginn Racing, onde corre algumas provas no carro #01 e divide-o com Regan Smith, na Daytona 500 daquele ano, Martin liderava quando na última volta ocorre um acidente envolvendo vários carros, ele reduz acreditando que a bandeira amarela seria acionada, mas isso não ocorreu e ele é ultrapassado por Kevin Harvick há poucos metros da linha de chegada, terminando em 2º, em 2008 a Ginn Racing é comprada pela Dale Earnhardt Inc. e Martin torna-se piloto do carro #8, que divide com Aric Almirola.

A carreira de Martin na NASCAR parecia chegar ao fim, mas eis que de forma surpreendente ele é contratado pela Hendrick Motorsports, uma das maiores equipes da categoria para ser piloto do carro #5 nas temporadas 2009 e 2010, pela Hendrick, Martin já conquistou 4 vitórias em 2009(é o piloto que mais venceu na temporada) e ocupa a 11ª posição no campeonato, estando entre os pilotos classificados para a disputa do título(Chase) nas 10 corridas finais.

Dos pilotos atualmente em atividade na NASCAR, Mark Martin é o 4º piloto com mais vitórias na divisão principal da categoria(Sprint Cup), com 39 conquistas, atrás somente de Jeff Gordon(82), Bill Elliot(44) e Jimmie Johnson(42) e a frente de Tony Stewart(35)

Principais vitórias[editar | editar código-fonte]

NASCAR - Nextel Cup[editar | editar código-fonte]

  • 1989 - Carolina do Norte
  • 1994 - Watkins Glen e Atlanta
  • 1999 - Carolina do Norte e Dover
  • 2000 - Martinsville

NASCAR - Busch Series[editar | editar código-fonte]

  • 1988 - Carolina do Norte
  • 1990 - Myrtle Beach
  • 1992 - Carolina do Norte
  • 1994 - Darlington (x2) e Carolina do Norte
  • 1995 - Michigan, Darlington e Charlotte
  • 1996 - Carolina do Norte (x2), Darlington, Bristol e Charlotte (x2)
  • 1998 - Charlotte e Atlanta
  • 1999 - Las Vegas, Texas, Richmond, Charlotte, Darlington e Carolina do Norte
  • 2000 - Carolina do Norte, Atlanta, Darlington (x2) e Texas

NASCAR - Craftsman Truck Series[editar | editar código-fonte]

  • 1996 - North Wilkesboro

International Race of Champions[editar | editar código-fonte]

  • 1999 - Indianapolis
  • 2000 - Indianapolis

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Mark Martin