Matias Barbosa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Matias Barbosa
Casa em Matias Barbosa-MG.JPG

Bandeira desconhecida
Brasão de Matias Barbosa
Bandeira desconhecida Brasão
Hino
Fundação 7 de setembro de 1923
Gentílico matiense ou matias-barbosense (em desuso)
Prefeito(a) Joaquim de Assis Nascimento
(2013–2016)
Localização
Localização de Matias Barbosa
Localização de Matias Barbosa em Minas Gerais
Matias Barbosa está localizado em: Brasil
Matias Barbosa
Localização de Matias Barbosa no Brasil
21° 52' 08" S 43° 19' 08" O21° 52' 08" S 43° 19' 08" O
Unidade federativa  Minas Gerais
Mesorregião Zona da Mata IBGE/2008 [1]
Microrregião Juiz de Fora IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Juiz de Fora, Belmiro Braga, Simão Pereira, Santana do Deserto
Distância até a capital 295 km
Características geográficas
Área 156,728 km² [2]
População 13 435 hab. Censo IBGE/2010[3]
Densidade 85,72 hab./km²
Clima Tropical de altitude
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,782 alto PNUD/2000 [4]
PIB R$ 476 103,406 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 34 655,95 IBGE/2008[5]
Página oficial

Matias Barbosa é um município brasileiro do estado de Minas Gerais. Sua população, segundo Censo realizado em 2010 é de 13.435 habitantes.

A cidade teve alguma importância na história do Brasil, porque fazia parte do Caminho Novo, que formava a antiga Estrada Real. A cidade é cortada, hoje, pela BR-040, que liga o Rio de Janeiro a Belo Horizonte. Enconta-se nesta estrada, em território de Matias Barbosa, o Centro Empresarial Park Sul, uma das principais fontes de renda do município.

História[editar | editar código-fonte]

O português Matias Barbosa, sertanista e grande potentado obteve, em 1700, a concessão de sesmaria às margens do rio Paraibuna. Esta sesmaria deu origem ao atual município. Situado na divisa do estado de Minas Gerais com o do Rio de Janeiro, foi criado o Registro de Matias Barbosa. Os registros eram postos de fiscalização e alfândega interna e onde eram cobrados os tributos das mercadorias que circulavam. Eles existiram em vários pontos do território da Capitania. Os registros integravam o sistema de cobrança de impostos pela Coroa portuguesa e que se definiam por uma persistente tendência de tudo tributar.

Em volta do Registro de Matias Barbosa formou-se um povoado, que, com a denominação de Nossa Senhora da Conceição de Matias Barbosa, foi elevado a distrito do município de Juiz de Fora em 1885. Em 1911, o distrito passou a ser apenas Matias Barbosa e com essa denominação foi elevado a município, em 1923, sendo seu território desmembrado de Juiz de Fora.

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Visitado em 5 dez. 2010.
  3. Censo Populacional 2010 Censo Populacional 2010 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Visitado em 11 de dezembro de 2010.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Visitado em 11 dez. 2010.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Minas Gerais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.