Merapi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

vulcao alto dms|7|32|26.99|S|110|26|41.34|E}}

Tambora
Vista do Merapi em 2006
Tambora está localizado em: Indonésia
Tambora
Localização na Indonésia
Coordenadas 7° 32' 26.99" S 110° 26' 41.34" E
Altitude 2968 m (9738 pés)
Proeminência 1356 m
Localização Java Central/Yogyakarta, Java, Indonésia
Última erupção 2011

Merapi (em indonésio: Gunung Merapi, que significa Montanha do Fogo) é um vulcão localizado na ilha indonésia de Java. Atinge os 2968 m de altitude[1] e é o vulcão mais ativo da Indonésia - país que tem a maior densidade de vulcões do mundo - tendo matado 70 pessoas em uma erupção em 1994 e 1300 pessoas em 1930. Em 1994 teve nova erupção e pelo menos 50 pessoas morreram. Em 2010 houve outra e mais 304 mortes. A última erupção foi em 2011[2] .

Erupção em 2010[editar | editar código-fonte]

Em 25 de outubro de 2010 houve mais uma erupção do Merapi que forçou deslocamento de 14 mil pessoas.[3]

A erupção causou 304 mortes[4] e cobriu vilas inteiras de cinzas.

A segunda erupção foi mais forte que a anterior duas semanas após a erupção de 26 de Outubro de 2010:

Na madrugada do dia 05/11/2010, o vulcão Merapi entra novamente em erupção e causa mais 69 mortes na Indonésia.- Pelo menos 69 pessoas morreram e outras 71 ficaram feridas devido a uma nova erupção, elevando a mais de 100 o número de vítimas fatais desde que a atividade começou, em 25 de outubro de 2010. Quase todos os corpos foram encontrados no distrito de Sleman, a maioria no vilarejo de Bronggang, a 15 km da cratera e situado, portanto, dentro do perímetro de segurança que mais uma vez foi ignorado pelos habitantes, informaram fontes oficiais.

A erupção soou como um trovão durante a madrugada e lançou ao céu colunas de cinzas e fragmentos de rocha de até seis quilómetros de altura, intensificando os rios de lava que descem da montanha e provocando nuvens tóxicas a temperaturas superiores aos 750 graus centígrados.

No centro da ilha de Java, a explosão pôde ser escutada a 20 quilómetros de distância, relataram os vulcanólogos indonésios, que acreditam que a erupção desta sexta-feira foi a mais forte até o momento e muito mais potente do que a primeira, de 26 de Outubro, na qual morreram quase 30 pessoas.

Segundo os relatos de várias testemunhas, dezenas de pessoas com os rostos cobertos de cinzas se afastaram a pé ou de moto do vulcão, enquanto o exército efetuou evacuações em caminhões cheios de mulheres e crianças.

Erupção em 2006[editar | editar código-fonte]

A eminência de uma erupção tem preocupado a população local em 2006. Após um sismo ocorrido em maio, a atividade vulcânica aumentou e lava tem sido vista saindo do vulcão.

Outras Erupções[editar | editar código-fonte]

Em 1930, uma erupção do Merapi destruiu 13 vilarejos, causando a morte de mais de mil pessoas.

Criação do Monte Merapi[editar | editar código-fonte]

Merapi em 2011

Embora a maioria das aldeias vizinhas têm seus próprios mitos sobre a criação do Monte Merapi, eles têm algo em comum.

Acredita-se que quando os deuses tinha acabado de criar a Terra, a ilha de Java estava desequilibrada por causa da colocação do Monte Jamurdipo na extremidade oeste da ilha. A fim de assegurar o equilíbrio, os deuses decidiram que a montanha devia ser movida para o centro de Java.

No entanto, dois armeiros, Empu Rama e Empu Permadi, estavam forjando um sagrado keris no local onde o Monte Jamurdipo era para ser colocado. Os deuses advertiram-lhes que iriam mover uma montanha para lá, e que eles deveriam sair, Empu Rama e Empu Permadi ignoraram esse aviso. Na raiva, os deuses enterraram os dois armeiros sob o Monte Jamurdipo; seus espíritos mais tarde se tornaram os governantes de todos os seres místicos na área. Em memória deles, o Monte Jamurdipo foi rebatizado mais tarde como Merapi, que significa "fogo de Rama e Permadi".[5]

Merapi.jpeg


Ver também[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: terremoto

Referências

  1. Mount Merapi. Visitado em 2011-11-10.
  2. Update Gunung Merapi status on 30/11 to 12.00 WIB Badan Nasional Penanggulangan Bencana (2010-03-12). Visitado em 2010-05-12.
  3. Passa de 290 número de mortos por tragédias naturais na Indonésia Globo.com. Visitado em 27/10/2010.
  4. Merapi matou 304 pessoas - novo balanço.
  5. Triyoga, Lucas Sasongko. Merapi dan Orang Jawa: Persepsi dan Kepercayaannya (em <código de língua não-reconhecido>). Jakarta: Gramedia Widiasarana Indonesia, 2010. 50–52 pp.
Ícone de esboço Este artigo sobre vulcões é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.