Michael Tilson Thomas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Thomas filmando Keeping Score em 2008.
(Foto por Stefan Cohen.)

Michael Tilson Thomas (21 de Dezembro de 1944) é um maestro, compositor e pianista estadunidense. E atual diretor musical da Orquestra Sinfônica de São Francisco.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Primeiros Anos[editar | editar código-fonte]

Tilson Thomas nasceu em Los Angeles, Califórnia, filho de Ted e Roberta Thomas. Tilson Thomas estudou na University of Southern California sob os ensinamentos de Ingolf Dahl. Como estudante de Friedelind Wagner, Tilson Thomas foi o assitente musical e assitente dos maestros no Festival de Bayreuth.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Em 1969, Tilson Thomas fez sua estréia como maestro com a Orquestra Sinfônica de Boston, substituindo William Steinberg na metade do concerto. Ele ficou em Boston como assistente do maestro até 1974, e fez muitas gravações com a orquestra. Ele foi diretor musical da Orquestra Filarmônica de Buffalo entre 1971 até 1979. Entre 1971 e 1977 ele também conduziu muitos concertos com a Filarmônica de Nova Iorque. De 1981 até 1985 ele foi o maestro principal da Orquestra Filarmônica de Los Angeles. Tilson Thomas fundou a Nova Sinfônica Mundial em Miami, Flórida em 1987. De 1988 até 1995 ele foi o maestro principal da Orquestra Sinfônica de Londres e desde 1995 ele foi o principal maestro convidado da orquestra. Em 1995 ele se tornou o diretor musical da Orquestra Sinfônica de São Francisco.

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Grammy Award for Best Orchestral Performance

Grammy Award for Best Classical Album

Grammy Award for Best Choral Performance