Ministrinho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Pedro Sernagiotto (São Paulo, 17 de novembro de 1908 - São Paulo, 5 de abril de 1965), o "Ministrinho", foi um futebolista ítalo-brasileiro e um dos mais importantes jogadores da história do Palmeiras no período em que a equipe se chamava Palestra Itália. Ponta-direita, em 1929, foi considerado o jogador mais popular da cidade de São Paulo, por meio de uma votação promovida por um jornal da época[1] .

Carreira[editar | editar código-fonte]

Ministrinho foi descoberto pela diretoria do Palestra Itália jogando futebol nas proximidades da paulistana Rua Augusta, onde nasceu e passou a infância. O apelido surgiu em homenagem a outro grande ponta-direita do Palestra dos anos 20, o italiano Giovanni Del Ministro, conhecido simplesmente como Ministro.

Em 1931, trocou a equipe de São Paulo pela italiana Juventus de Turim, mas, por engano, assinou contrato com dois times ao mesmo tempo e ficou suspenso por um ano do futebol. Mesmo assim, a Juventus o sustentou e colheu frutos na sequência, com os títulos nacionais de 1933 e 1934.

Ainda em 1934, retornou ao Palestra e jogou na equipe até 1935. Jogou ainda na Portuguesa de Desportos e no São Paulo, antes de encerrar a carreira, de novo, no Palestra, já nos anos 40, quando a equipe mudou o nome para Palmeiras.

Títulos[editar | editar código-fonte]

  • Itália Juventus: Campeão Italiano - 1933 e 1934
  • Brasil Palmeiras: Campeão Paulista - 1942

Referências

  1. "Ídolos", Site Oficial do Palmeiras

Ver também[editar | editar código-fonte]