Mios (Cária)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Mios ((em grego)) foi uma antiga cidade-estado da Cária, e fez parte da Liga Jônia.

Mitologia[editar | editar código-fonte]

A região era ocupada inicialmente por cários, e foi conquistada pelos helenos.[1] [2] Esta expedição foi liderada pelos filhos de Codro, o último rei de Atenas, que não quiseram ser governados por Medonte, filho de Codro e coxo, e era composta em sua maior parte de jônios, mas também incluía vários outros povos.[Nota 1]

Mios foi fundada por Cyaretus, filho de Codro.[1] [2] Segundo Ferecides de Leros, Cydrelus era um filho bastardo de Codro.[2]

História[editar | editar código-fonte]

Durante a Revolta Jônica, Mios forneceu apenas três navios, do total de 353 trirremes.[3]

Esta foi uma das cidades que Xerxes I deu a Temístocles, para supri-lo com peixes.[4]

Abandono[editar | editar código-fonte]

Localização de Mios na foz do Rio Meandro.

A cidade foi abandonada, por causa de um acidente.[1] Havia uma enseada marinha, e nela desaguava o Rio Meandro.[5] O rio, porém, bloqueou a entrada com lama, a água se tornou estagnada, e vários enxames de insetos passaram a proliferar no lago, até que os habitantes foram forçados a abandonar a cidade, e migrar para Mileto.[5]

Quando o geógrafo Pausânias visitou a cidade,[Nota 2] ela estava desabitada, e não tinha mais nada além de um templo em mármore branco a Dionísio.[5]

Notas e referências

Notas

  1. Resumo do artigo Codro, texto baseado em Pausânias.
  2. Pausânias viveu entre c.115 e 180 d.C.

Referências

  1. a b c Pausânias, Descrição da Grécia, 7.2.10 [em linha]
  2. a b c Ferecides de Leros, citado por Estrabão, Geografia, Livro XIV, Capítulo 1, 3 [fr] [en] [en] [en]
  3. Heródoto, Histórias, Livro VI, Erato, 8 [pt] [el] [el/en] [ael/fr] [en] [en] [en] [es]
  4. Estrabão, Geografia, Livro XIV, Capítulo 1, 10 [fr] [en] [en] [en]
  5. a b c Pausânias, Descrição da Grécia, 7.2.11