Mitreu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Mithraeum)
Ir para: navegação, pesquisa
Mitreu encontrado nas ruínas de Óstia, Itália.

Mitreu (em latim: Mithraeum) era um lugar de devoção para os seguidores da religião de mistério do mitraísmo.

Estrutura[editar | editar código-fonte]

O mitreu era ou uma caverna natural adaptada ou um edifício imitando uma. Os mitreus era escuros e sem janelas, mesmo se não estivessem de fato em um lugar subterrâneo. Quando possível, o mitreu era construído dentro ou no subsolo de edifícios já existentes. O local de um mitreu pode também ser identificado por conta de sua entrada separada, ou vestíbulos, sua "caverna", chamada espeleu (spelaeum) ou espelunca (spelunca), com bancos correndo pelas paredes para apoiar a refeição cerimonial, e seu seu santuário no final, geralmente num recesso da parede, perante o qual ficava o altar na forma de um pedestal. Muitos mitreus com este mesmo plano básico estão espalhados por todo o território por onde esteve o Império Romano, particularmente onde as legiões ficavam estacionadas ao longo de fronteiras. Outros, mesmo depois de convertidos em criptas abaixo de igrejas cristãs, podem ser reconhecidos pelo desenho básico.

Da estrutura dos mitreus é possível supor que os devotos se reuniam para uma refeição cerimonial, sendo que alguns deles podiam comportar mais de 30 indivíduos.

Mitreus pela Europa[editar | editar código-fonte]

França
Alemanha
Hungria
Itália
Romênia
  • Um mitreu reconstruído no Lipidário do Museu Brukenthal, com alguns itens desenterrados em Apulo (Alba Iulia).
Espanha
Suíça
Reino Unido

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Ancient Roman temples of Mithras