Mitsubishi Colt

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mitsubishi Colt
Mitsubishi colt ver r.jpg
Visão Global
Produção 1962-2011
Fabricante Mitsubishi Motors
Modelo
Carroceria hatchback
monovolume
Designer Olivier Boulay
Modelos relacionados Smart Forfour
Honda Jazz
Último
Último
Próximo
Próximo

Hoje o Mitsubishi Colt é um modelo compacto, construído pela Mitsubishi Motors na sua fábrica da NedCar na Holanda, usando a mesma plataforma que o seu irmão já descontinuado Smart ForFour. A Mitsubishi tem utilizado o nome em dois modos, primeiro usava como a marca das séries kei-car e dos sub-compactos na década de 60, em seguida como a exportação da versão do Mitsubishi Mirage HatchBack. A Chrysler Corporation também utilizou este nome em parceria com a Mitsubishi na década de 70, quando recebe a segunda geração do Mitsubishi Colt Galant como a Dodge e Plymounth Colt, com importação para o mercado dos Estados Unidos.

Anos 60[editar | editar código-fonte]

1978 Mitsubishi Colt 3 door (UK market nomenclature)
1985 Mitsubishi Colt 5 door (UK market nomenclature)

A Mitsubishi introduziu o nome Colt em 1962 sobre o Colt 600, o primeiro de uma linha de carros pequenos, completando os seus veículos desportivos, o Mitsubishi 500, a primeira empresa após a guerra dos automóveis passageiros. Alimentado por um motor NE35A de 594cc OHV de dois cilindros de motor arrefecido ar. Neste momento, a Mitsubishi Motors ainda não existia como uma empresa autónoma, e os veículos estavam a ser produzidos por três subsidiárias regionais da Mitsubishi Heavy Industries, (MHI) que tinha sido formalmente desmantelado depois da Segunda Guerra Mundial, retomando como uma entidade única, em 1964, mas continuou a usar o nome de Colt como marca até a década de 70 na Ásia, e os anos 80 na Europa.

Para complementar o 600, foi introduzida em 1963, o Colt 1000, a que se seguiu o Colt 800 e Colt 1500 em 1965.

A marca Colt foi utilizada principalmente no Reino Unido, e serão eliminados progressivamente em torno de 1984. Na Nova Zelândia, a marca Colt começou a desaparecer em meados dos anos 70, em favor da Mitsubishi e emergiu como um modelo da Mitsubishi apenas no final de 1980 e em 2003.

Na década de 1980, a Mitsubishi Motors da Austrália ofereceu o original Mirage como o Colt, construindo-o em sua planta Adelaide. O australiano Colt estava disponível com uma carroçaria de quatro ou cinco portas com um motor 1600cc no topo da gama.

2003[editar | editar código-fonte]

Mitsubishi Colt Z30
Mitsubishi Colt Ralliart Version-R
Visão Global
Produção 1973 - 1979
Fabricante Mitsubishi Motors
Modelo
Carroceria 3 Portas - HatchBack
5 Portas - HatchBack
5 Portas - Station Wagon
2 Portas - Coupé-Cabriolet
Ficha técnica
Motor 1100
1300
1500
1500 DI-D
Último
Último
Próximo
Próximo


Em 2003 nasce uma nova geração do Mitsubishi Colt no Japão desenhado por Olivier Boulay e construído sobre a mesma plataforma que o Smart Forfour. A versão europeia é fabricada na NedCar.

Em 2004, foi lançado o Colt Plus no Japão. É uma versão mais longa do Colt. No mesmo ano, o Colt também foi lançado na Europa, com modelos variando de 1,1 MPI, 1,3 MPI, 1,5 MPI e 1.5T a gasolina. O desempenho especificação 1.5T baseou-se no bloco 4G15, com um Turbo e intermédio de alimentação auxiliar (147 hp @ 6000 rpm / 155 ft lbf (210 N m) @ 3500 rpm). MIVEC válvula variável foi também utilizado para aumentar a produção, upping o poder de forma dramática de 109 cv (81 kW) 1,5 MPI. O mesmo desempenho do motor foi também utilizado para alimentar a última geração do, o Colt CZC (versão Cabrio) (2005), a gasolina mas mais fraco existe o 1,5 MPI também disponível.

Havia a versão equipada com câmbio manual de cinco marchas e a opção de transmissão continuamente variável (Câmbio CVT)[1] [2] .

O Smart Forfour também partilhada a mesma plataforma, como Brabus a liberar um desempenho da versão do ForFour em 2004 utilizando o mesmo motor utilizado no Europeu Colt CZT, mas espremendo 30 HP extra para fora do mesmo 4G15.

Em Novembro de 2004, chegou o 1,5 L DI-D versão turbo diesel com injecção directa Turbo alimentada e intermédio, produzindo 95 PS (70 kW), foi disponibilizada, com uma opção do Allshift automática e uma caixa de velocidades manual com embraiagem eléctrica e seis artes.

CZC[editar | editar código-fonte]

O Mitsubishi Colt CZC um Coupé Cabriolet foi mostrado em Geneva Motor Show, em Março de 2005, estando já à venda desde 2006. O carro é um 2+2 com um hard-top retráctil e disponível com o motor turbo que equipa o Colt CZT ou como um mero 1,5 MPI. Desenvolvido conjuntamente pela Mitsubishi e Pininfarina sob Ken Okuyama, é parcialmente feitos nos Países Baixos, com a montagem final participa na Pininfarina, em Turim, Itália.

Ralliart Version-R[editar | editar código-fonte]

Nasce a versão Ralliart Version-R no Japão em 30 de Maio de 2006. Tem um 4G15, com cronometragem MIVEC válvula variável e turbo alimentador, produz 154 PS (113 kW) às 6000 rpm e 210 N m (155 ft lbf) às 3500 rpm. Os bancos traseiros são moldados para dois passageiros, em contraposição a três no resto da gama. Aliás, esse é o mesmo motor usado na Europa em 2004, o Colt CZT, aumentando ligeiramente a potência.

Mitsubishi Colt MIEV[editar | editar código-fonte]

Em 2006, a Mitsubishi publicou o Mitsubishi Colt MIEV, utilizando um motor eléctrico separado, em cada roda.

Colt Van[editar | editar código-fonte]

Em Portugal, a Mitsubishi Motors de Portugal, criou a versão Van utilizando o motor 1500 DI-D e está disponível na carroçaria CZ3 de 3 portas e na versão de 5 Portas

Outros[editar | editar código-fonte]

Dados fornecidos pelo Clube Mitsubishi de Portugal


Referências

  1. Used car review Mitsubishi Colt 2004-2011, em inglês, acesso em 20 de outubro de 2013.
  2. Mitsubishi Colt Hatchback, em inglês, acesso em 20 de outubro de 2013.