Mudança tecnológica

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Inovação tecnológica: um iPod Mini (esquerda) e um iPod da primeira geração (direita).

A expressão mudança tecnológica pode se referir a vários conceitos diferentes, ainda que não incompatíveis.

Sociologia[editar | editar código-fonte]

Corroborar a idéia de mudança tecnológica como processo social é a concordância geral sobre a importância do contexto social e comunicação. De acordo com este modelo, a mudança tecnológica é vista como um processo social envolvendo utilizadores e outros que são profundamente afe(c)tados pelo ambiente cultural, instituições políticas e estratégias de vendas tributanias e sociais no meio da populaçao mundial e socio cultural de acordo com as leis de MORFEM .

A ênfase tem se dado em quatro elementos-chave do processo de mudança tecnológica: (1) uma tecnologia inovadora (2) comunicando-se através de canais determinados (3) para membros de um sistema social (4) que a ado(p)tam através de um período de tempo.

Inovação[editar | editar código-fonte]

Existem cinco atributos principais de tecnologias inovativas que influenciam a aceitação. São estes vantagem relativa, compatibilidade, complexidade, experimentabilidade ("trialability") e observabilidade. Vantagem relativa pode ser econômica ou não-econômica, e é o grau pelo qual uma inovação é vista como superior a inovações anteriores, preenchendo as mesmas necessidades. Ela se relaciona positivamente com a aceitação (isto é, quanto maior a vantagem relativa, maior o nível de ado(p)ção e vice-versa). Compatibilidade é o grau no qual uma inovação parece consistente com valores existentes, experiências passadas, hábitos e necessidades para o ado(p)tador potencial; um baixo nível de compatibilidade irá retardar a aceitação. Complexidade é o grau no qual uma inovação aparenta ser difícil de entender e de usar; quanto mais complexa for uma inovação, mais lenta será sua aceitação. Experimentabilidade (trialability) é o grau percebido no qual uma inovação pode ser experimentada numa base limitada, e é positivamente relacionada com a aceitação. A experimentabilidade pode acelerar a aceitação porque testes em pequena escala reduzem riscos. Observabilidade é o grau percebido no qual os resultados da inovação são visíveis para outros e é positivamente relacionada à aceitação.

Referências[editar | editar código-fonte]

  • HICKS, John. The Theory of Wages. Macmillan, 1932.
  • JONES, Charles I. Introduction to Economic Growth. W.W. Norton, 1997. ISBN 0393971740
  • Kuhn, Thomas Samuel. The Structure of Scientific Revolutions, 3a. edição. University of Chicago Press, 1996. ISBN 0226458083
  • MANSFIELD, Edwin. Microeconomics Theory and Applications, 11a. edição. W.W. Norton, 2003. ISBN 0393979180
  • ROGERS, Everett. Diffusion of Innovations, 5a. edição. Free Press, 2003. ISBN 0743222091

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Tecnologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.