Natrão

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Natrão é um mineral composto por carbonato de sódio hidratado, com fórmula química Na2CO3·10H2O.

O natrão era uma das substâncias utilizadas pelos antigos egípcios nos processos de mumificação; na verdade o natrão era composto por carbonato de sódio, bicarbonato de sódio, sal e sulfato de sódio - no qual as múmias ficavam imersas por durante 70 dias; a substância natural era encontrada em várias regiões do país, especialmente no uádi el-Natrum.[1] Seu uso, neste fim, destinava-se à desidratação das células e combate às bactérias.[2]

Na antiguidade egípcia seu uso também era o de alvejante para roupas brancas, e misturado com argila formava um tipo de sabão, com uso no preparo da .[3]


Referências

  1. Editor Gamal Mokhtar. História Geral da África – Vol. II – África antiga. [S.l.]: Unesco. p. 135-137. ISBN 8576521245
  2. Dick Teresi. Descobertas Perdidas - As raízes antigas da ciência moderna: dos babilônios aos maias. [S.l.]: Companhia das Letras, 2008. 440 pp. p. 281. ISBN 8535911790
  3. TERESI, op. cit., pág. 284
Ícone de esboço Este artigo sobre um mineral ou mineraloide é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.