Nicolás García Uriburu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Nicolás García Uriburu (1971).

Nicolás García Uriburu (24 de dezembro de 1937, Buenos Aires) é um artista plástico, arquiteto e ecologista argentino.

História[editar | editar código-fonte]

Formado em arquitetura pela Universidade de Buenos Aires, mudou para Paris em 1965. Foi o vencedor da exposição do Salon de Paris em 1968 com a obra pop Three Graces, participou no mesmo ano da Bienal de Veneza com uma montagem utilizando Fluoresceína tingindo o Grande Canal de Veneza simulando micro-organismos na água [1] .

Principais prêmios[editar | editar código-fonte]

  • 1965: Premio Braque, Buenos Aires [2] .
  • 1968: Premio Le Franc, París.
  • 1968: Gran Premio Nacional, Buenos Aires.
  • 1975: Primer Premio Bienal de Tokio, Tokio.
  • 1993: Primer Premio Otium de Ecología, Buenos Aires.
  • 2000: Premio a la Trayectoria Fondo Nacional de las Artes, Buenos Aires.

Referências

  1. Taringa!. Nicolas Uriburu, arte y medio ambiente,Sus intervenciones (em castelhano). Página visitada em 6-11-2010.
  2. MAMA fine art. Nicolás García Uriburu (em castelhano). Página visitada em 6-11-2010.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.