Universidade de Buenos Aires

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Universidade de Buenos Aires
Universidad de Buenos Aires
UBA.svg
Lema "Argentum Virtus Robur et Studium" (latim)
"la virtud argentina es la fuerza y el estudio" (espanhol)
Fundação 12 de agosto de 1821
Tipo de instituição Pública
Reitor(a) Dr. Rubén Hallú
Vice-reitor(a) Prof. Alberto E. Barbieri
Total de Estudantes 308.594 (2004)
Graduação 289.526
Pós-Graduação 13.536
Afiliações IFPU, CIN, AUGM
Orçamento anual ARS 1.535.246.194 (2009)[1]
Página oficial www.uba.ar

A Universidade de Buenos Aires (UBA) é a maior universidade da Argentina, fundada em 12 de agosto de 1821 na cidade de Buenos Aires. Assemelha-se às demais universidades públicas do país por ser financeiramente dependente do Estado, porém é autônoma, gratuita e laica. A UBA possui seu próprio "governo" decorrente de uma reforma universitária levada à cabo por professores, alunos e egressos em 1918.

Composição da Universidade[editar | editar código-fonte]

Faculdades[editar | editar código-fonte]

Campus[editar | editar código-fonte]

Apesar de no contar com um campus per se que aglutine a todas suas faculdades, a Universidade de Buenos Aires possui dois terrenos que agrupam a várias de suas entidades acadêmicas.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Universidade de Buenos Aires

Sítios de faculdades[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre instituição de ensino superior é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Referências