Nilopolitana Cavalcanti & Cia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde novembro de 2011).
Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
NoFonti.svg
Este artigo ou secção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde outubro de 2011).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Nilopolitana Cavalcante & Cia LTDA
Slogan Transportando com Qualidade
Tipo Privada
Fundação 1957
Sede Nilópolis-RJ, Brasil Brasil
Áreas servidas Nilópolis, Nova Iguaçu, São João de Meriti, Mesquita e Rio de Janeiro.
Empregados 784
Produtos Transporte urbano de Passageiros

A Nilopolitana Cavalcanti & Cia[1] [2] é uma empresa de transporte rodoviário de passageiros situada no município de Nilópolis. Foi criada em 1957[3] .

História[editar | editar código-fonte]

O Começo[3] [editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Nilopolitana Cavalcanti & Cia

Foi em 1957, quando o controle acionário da então Empresa Nilopolitana de Transporte foi transferido para os empresários Luiz Rodrigues Cavalcante Filho, Abel Magalhães Castelo e Waldemir Antonio Pereira, que mudaram sua razão social para Cavalcante & Cia, mantendo Nilopolitana como nome fantasia. Mais tarde, a empresa passou a ser dirigida pelos irmãos Gilberto, Luiz Augusto e Antônio Cavalcante, filhos de Luiz Rodrigues. Foi nessa época que a Nilopolitana enfrentou o pior momento de sua história: a encampação feita pelo Governo do Estado do Rio de Janeiro, que começou no final de 1985 e só terminou em 1988, quando o Governo devolveu a empresa aos sócios. Antes da encampação, a empresa possuía 120 ônibus. Quando da devolução aos empresários, apenas 7 estavam em condições de operação. Foram necessários quase dois anos para deixar a empresa em condições de operação novamente. Portanto, pode-se dizer também que tudo começou, ou recomeçou, em 1988.

Atualmente[editar | editar código-fonte]

Hoje, a Nilopolitana tem como sócios Gilberto, Luiz Augusto e os sobrinhos Fábio e Marcelo Cavalcante. A empresa conta com cerca de 500 profissionais e 139 ônibus e microônibus operando em seis linhas, sendo cinco intermunicipais, duas municipais de Nilópolis, e duas de Nova Iguaçu.

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Nilopolitana Cavalcanti e Cia. Pagina da Fetranspor. (Pagina visitada em 03/10/2011)
  2. DIVAT - Cadastro de Empresa - Departamento de Transporte Rodoviario do Estado do Rio de Janeiro - DETRO/RJ (Pagina visitada em 03/10/2011)
  3. a b REVISTA ÔNIBUS. Série Histórica - Nilopolitana. Rio de Janeiro:Fetranspor, Ano VI, N° 31, pag 20-22, Abril/Maio 2005 (Pagina visita em 03/10/2011)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]