Oliver Payne Pearson

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Oliver P. Pearson
Mastozoologia, Ecologia
Oliver Pearson em junho de 2001
Dados gerais
Nome de nascimento Oliver Payne Pearson
Nacionalidade  Estados Unidos
Nascimento 21 de Outubro de 1915
Local Filadélfia, Pensilvânia
Morte 4 de março de 2003 (87 anos)
Local Walnut Creek, California
Atividade
Campo(s) Mastozoologia, Ecologia
Instituições Museum of Verterbate Zoology, UC Berkeley
Alma mater Universidade Harvard
Prêmio(s) Hartley H. T. Jackson Award (1984), Doutor Honoris Causa, Universidade de La Plata (2000)

Oliver Payne Pearson (21 de Outubro de 1915, Filadélfia, Pensilvânia - 4 de Março de 2003, Walnut Creek, Califórnia), ou "Paynie" para os colegas, foi um zoólogo e ecólogo dos Estados Unidos da América, especializado em investigações de campo sobre pequenos mamíferos. Pearson é conhecido principalmente pelo seu trabalho sobre o papel da predação na demografia e ciclos populacionais de roedores e influenciou a carreira de inúmeros jovens mastozooólogos, tanto nos Estados Unidos, quanto em outros países, principalmente da América do Sul 1 .

Pearson obteve a licenciatura no Swarthmore College em 1937 e mestrado e doutoramento na Universidade de Harvard. Concluiu o doutorado em 1947, ano em que começou a trabalhar na Universidade da Califórnia em Berkeley como Instrutor em Zoologia. Foi Curador Assistente de Mamíferos no Museu de Zoologia de Vertebrados da UC Berkeley de 1949 a 1955, quando avançou para os cargos de Professor e Curador Associado. 2

Em 1937 viajou ao Panamá, depois ao Peru (1938, 1939-40, 1946, 1952, 1955, 1967, 1972), Colômbia (1950) e Argentina (1955, 1964-65, e anualmente de 1978 a 1999). Foi membro honorário da American Society of Mammalogists (ASM), Cooper Ornithological Society (COS), Sociedad Argentina para el estudio de los Mamíferos (SAREM) e o Comité Argentino de Conservación de la Naturaleza. Ele foi eleito diretor da ASM por 17 anos entre 1952 e 1990 e por seus serviços à essa sociedade recebeu o Hartley H. T. Jackson Award em 1984. Em 2003, a ASM estabeleceu o Oliver Pearson Award, conferido anualmente a um jovem profissional que possua uma posição acadêmica em instituição sediada em um país latino-americano.

Contraiu matrimónio com Anita Kelley em 1944, sua companheira em todas as viagens de campo subsequentes, e com quem teve quatro filhos. Estabeleceu-se na Argentina, desde 1953. Leccionou um famoso curso de Ecologia na Universidade de Buenos Aires entre 1964-1965. A partir de 1978 dedicou-se ao trabalho de campo e com a sua esposa, visitava regularmente a Patagónia. Em 2000 recebeu um doutoramento Honoris Causa pela Universidade de la Plata.

Três táxons de roedores foram nomeados em sua homenagem: as espécies Ctenomys pearsoni (Lessa & Langguth, 1983)3 e Andalgalomys pearsoni (Myers, 1977)4 , além do gênero Pearsonomys Patterson, 19925 .

Principais publicações[editar | editar código-fonte]

  • Pearson, O. P. 1944 Reproduction in the shrew (Blarina brevicauda Say). American Journal of Anatomy 75:39-93.
  • Pearson, O. P. 1947 The rate of metabolism of some small mammals. Ecology 28:127-145.
  • Pearson, O. P. 1948 Metabolism of small mammals, with remarks on the lower limit of mammalian size. Science 108:44.
  • Pearson, O. P., M. R. Koford & A. K. Pearson 1952 Reproduction of the lump-nosed bat (Corynorhinus rafinesquei) in California. Journal of Mammalogy 33:273-320.
  • Pearson, O. P. 1954 Habits of the lizard Liolaemus multiformis multiformis at high altitudes in southern Peru. Copeia 2:111-116.
  • Pearson, O. P. 1963 History of two local outbreaks of feral house mice. Ecology 44:540-548.
  • Pearson, O. P. 1966 The prey of carnivores during one cycle of mouse abundance. Journal of Animal Ecology 35:217-233.
  • Pearson, O. P. 1971 Additional measurements of the impact of carnivores on California voles (Microtus californicus). Journal of Mammalogy 52:41-49.
  • Pearson, O. P. & D. F. Bradford 1976 Thermoregulation of lizards and toads at high altitudes in Peru. Copeia 1976:155-170.
  • Pearson, O. P. & J. L. Patton 1976 Relationships among South American phyllotine rodents based on chromosome analysis. Journal of Mammalogy 57:339-350.

Referências

  1. Kelt, D.A., E.P. Lessa, J. Salazar-Bravo & J.L. Patton (editors). 2007. The Quintessential Naturalist: Honoring the Life and Legacy of Oliver P. Pearson. University of California Publications in Zoology. Volume 134. University of California Press, Berkeley. Available online at http://repositories.cdlib.org/ucpress/
  2. Kelt, D.A., E.P. Lessa, J. Salazar-Bravo & J.L. Patton. 2007. Oliver P. Pearson: scientist, statesman, gentleman. In: Kelt, D.A., E.P. Lessa, J. Salazar-Bravo & J.L. Patton (eds.), The Quintessential Naturalist: Honoring the Life and Legacy of Oliver P. Pearson. University of California Publications in Zoology. Volume 134. University of California Press, Berkeley. Available online at http://repositories.cdlib.org/ucpress/
  3. Lessa, E. P. & A. Langguth 1983 Ctenomys pearsoni, n. sp. (Rodentia, Octodontidae), del Uruguay. Resultados Comunicados Jornadas Ciencias Naturales, Montevideo, Uruguay 3:86-88.
  4. Myers, P. 1977 A new phyllotine rodent (genus Graomys) from Paraguay. Occasional Papers of the Museum of Zoology, University of Michigan 676:1-7.
  5. Patterson, B. D. 1992 A new genus and species of long-clawed mouse (Rodentia: Muridae) from temperate rainforests of Chile. Zoological Journal of the Linnean Society 106:127-145.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]