Partido Popular do Paquistão

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Bandeira do Partido

O Partido Popular do Paquistão (PPP) (em urdu: پاکستان پیپلز پارٹی e em inglês Pakistan Peoples Party) é um partido político do Paquistão. Era dirigido por Benazir Bhutto até a sua morte, ocorrida em 27 de dezembro de 2007.

História[editar | editar código-fonte]

O PPP foi fundado em 30 de novembro de 1967 por Zulfikar Ali Bhutto, seu primeiro dirigente, tendo como lema:

O PPP é considerado o mais liberal dos partidos políticos paquistaneses. Seu principal reduto é a província de Sindh, onde tem apoio da maioria da população. O partido também goza de considerável prestígio na província de Punjab.

Depois da execução de Ali Bhutto, sua filha Benazir Bhutto tornou-se a principal liderança do PPP, até a sua morte em dezembro de 2007.[1] [2] [3]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Partido Popular do Paquistão

Notas[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]