paste (Unix)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


paste é um utilitário de linha de comando do Unix que é usado para unir arquivos horizontalmente (fusão paralela) através da saída de linhas que consistem das linhas sequencialmente correspondentes de cada arquivo especificado, separadas por tabulações, para a saída padrão. Ele é efetivamente o equivalente horizontal ao comando utilitário cat que opera no plano vertical de dois ou mais arquivos.

Utilização[editar | editar código-fonte]

O utilitário paste é invocado com a seguinte sintaxe:

paste [opções] [arquivo1 ..]

Descrição[editar | editar código-fonte]

Uma vez invocado, o paste irá ler todos os seus argumentos arquivo. Para cada linha correspondente, o paste irá anexar o conteúdo de cada arquivo naquela linha para sua saída juntamente com uma tabulação. Quando tiver concluído seu funcionamento para o último arquivo, paste emitirá um caractere de nova linha e passará para a próxima linha.

Opções[editar | editar código-fonte]

O utilitário paste aceita as seguintes opções: -d delimitadores, que especifica uma lista de delimitadores a serem usados em vez de tabulações para separar valores consecutivos em uma única linha. Cada delimitador é usado por sua vez. Quando a lista tiver sido esgotada, o paste começa de novo no primeiro delimitador. -s, o que faz com que o paste anexe os dados em serial em vez de em paralelo. Isto é, de um modo horizontal em vez de vertical.

Exemplos[editar | editar código-fonte]

Considere estes dois arquivos:

telefones.txt

123-567
345-678
678-890

nomes.txt

Lorem
Ipsum
Dolor

Usando o comando paste deste modo:

paste nomes.txt telefones.txt

Obtém-se o seguinte resultado:

Lorem    123-567
Ipsum    345-678
Dolor    678-890      

Ver também[editar | editar código-fonte]