Patricio Lynch

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Patricio Lynch

Patricio Javier de los Dolores Lynch Solo de Zaldívar, Patricio Lynch (Santiago do Chile, 1 de dezembro de 1824 - alto-mar, próximo à Tenerife, 13 de maio de 1886) foi vice-almirante da marinha chilena, general-em-chefe do exército de ocupação do Peru e ministro plenipotenciário do Chile na Espanha.

Foi o quinto vice-almirante chileno, nomeado em 8 de agosto de 1883. Apelidado, no Chile, como "Último vice-rei do Peru" pela suas atividades e operações realizadas nesse país. Filho de Estanislao Lynch Roo (argentino de origem irlandesa) e de Carmen Solo de Zaldívar Rivera. Iniciou sua carreira na Escola Militar, da qual passou para a marinha aos 13 anos. Participou na Guerra contra a Confederação Peru-Boliviana, na Primeira guerra do ópio e na Guerra do Pacífico[1] . Morreu a bordo do navio inglês Cotopaxi, em Tenerife [2] .

Referências

  1. Francisco Antonio Encina - Historia de Chile desde la Prehistoria hasta 1891.
  2. Carlos Edwards, Julio Retamal - Forjadores de Chile Contemporáneo.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Patricio Lynch
Ícone de esboço Este artigo sobre tópicos militares é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.