Pistache

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde Maio de 2010). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Trechos sem fontes poderão ser removidos.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing.
Como ler uma caixa taxonómicaPistache
Pistáchios amadurecendo.

Pistáchios amadurecendo.
Estado de conservação
Status iucn3.1 LC pt.svg
Pouco preocupante (IUCN 3.1)
Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Ordem: Sapindales
Família: Anacardiaceae
Género: Pistacia
Espécie: P. vera
Nome binomial
Pistacia vera
L.

O pistache ou pistáchio (Pistacia vera) pertence à família da Anacardiaceae e género Pistacia. Tanto a árvore quanto o fruto seco verde possuem essa denominação. É uma árvore de folha caduca e pequena (5 a 7 metros de altura, e que tende a inclinar-se) com folhas pinadas dióicas, nativa do sudoeste asiático (Ásia Menor, Irão, Síria e Israel e Palestina), de onde se estendeu o cultivo à região mediterrânica e à Califórnia.

Valor nutricional[editar | editar código-fonte]

Pistache dentro da casca e fora da casca (em roxo)

100 g de pistache contém em média:

Proteína 20,6%
Carbo-hidratos 8%
Óleo 48%
Colesterol 0%
Cálcio 135 mg
Potássio 1093 mg
Fósforo 503 mg
Magnésio 158 mg
Vitamina A 233 U.L
Outras vitaminas: Tiamina (Vitamina B1), Riboflavina (Vitamina B2), Niacina (Vitamina B3)

Consumo[editar | editar código-fonte]

Os grãos são mais frequentemente consumidos inteiros, torrados e salgados (como os amendoins) ou frescos.

Também é famoso o sorvete de pistache, de coloração verde. É utilizado em doces como a baklava e frios como mortadela.

Habitantes do meio-oeste americano fazem salada de pistache, que inclui pistaches frescos, ou pudim de pistache, conservas de frutas e, por vezes, queijo cottage ou marshmallow.

Um estudo americano publicado no Journal of Nutrition sugere que o pistache é mais rico em betacaroteno e vitamina E do que outros tipos de nozes, e que, se incorporado à dieta, pode aumentar os níveis de antioxidantes no sangue de pessoas adultas com colesterol alto[1] .

Referências

  1. Folha de S.Paulo. (21 de maio de 2010). Pistache ajuda a diminuir nível de colesterol ruim. Caderno Saúde
Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Pistache
Ícone de esboço Este artigo sobre Botânica é um esboço relacionado ao Projeto Plantas. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.