Plexo braquial

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Nervo: Plexo braquial
Gray808.png
Plexo braquial direito com seus pequenos ramos, visto da frente.
Latim plexus brachialis
Gray's subject #210 930
Ramo do C5, C6, C7, C8, T1
MeSH Brachial+plexus

O plexo braquial é um conjunto de nervos que partem da medula espinhal, que inervarão os membros superiores.

Suas raízes, que saem dos forames intervertebrais, são cinco: C5, C6, C7, C8 e T1. As raízes dão origem aos troncos superior (C5+C6), médio (C7) e inferior (C8+T1).

Cada tronco divide-se em divisões anteriores e posteriores. As divisões anteriores dos troncos superior e médio dão origem ao fascículo lateral. As divisões posteriores dos três troncos dão origem ao fascículo posterior. Enquanto a divisão anterior do tronco inferior dá origem ao fascículo medial.

Esses fascículos terão vários ramificações que inervarão os membros superiores. A maior dessas ramificações é o nervo radial. Do fascículo lateral originam o nervo musculocutâneo e sai um ramo que vai formar o nervo mediano. Do fascículo posterior originam o nervo radial e axilar, e por fim, do fascículo medial originam o nervo ulnar e o outro ramo que vai formar o nervo mediano.

Nervos torácicos anteriores[editar | editar código-fonte]

Os nervos torácicos anteriores são: o nervo do músculo peitoral maior — que nasce do fascículo lateral (C5, C6, C7) e se ramifica na face profunda do músculo e o nervo do peitoral menor — que nasce do fascículo medial (C6, C7).

Função[editar | editar código-fonte]

O plexo braquial é um amplo plexo nervoso, compreendido entre o pescoço e até a axila de tal modo que este tem a função de conferir inervação motora e sensitiva para o membro superior, no caso, inervação somática. Em relação aos nervos espinais, pela sua descrição morfo-anatômica, pode-se perceber o porquê de sua conferência à sensibilidade e motricidade de todo o membro. Pelo fato de que este nervo se forma no momento que ocorre a fusão no nível medular de filamentos radiculares de dois sulcos na própria medula espinal, sendo as radículas que deixam o sulco lateral anterior com função motora e as radículas que deixa o sulco lateral posterior com função sensitiva, formando o nervo espinal, um nervo MISTO.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Imagens adicionais[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Plexo braquial
Ícone de esboço Este artigo sobre Anatomia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.