Proteína motora

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Proteínas motoras são uma classe de motores moleculares que têm a capacidade de se mover ao longo da superfície de um substrato. São alimentadas pela hidrólise do ATP e convertem energia química em trabalho mecânico. Atualmente estão identificados três tipos de proteínas motoras: miosinas, cinesinas e dineínas.[1]

Referências

  1. Max-Planck-Institute for Biophysical Chemistry, Group Systems Biology of Motor Proteins. Analysis of the motor proteins. Visitado em 13 de junho de 2014.