Pseudantechinus bilarni

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaPseudantechinus bilarni
Taxocaixa sem imagem
Estado de conservação
Status iucn3.1 NT pt.svg
Quase ameaçada
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Mammalia
Infraclasse: Marsupialia
Ordem: Dasyuromorphia
Família: Dasyuridae
Género: Pseudantechinus
Espécie: P. bilarni
Nome binomial
Pseudantechinus bilarni
(Johnson, 1954)

Pseudantechinus bilarni é uma espécie de marsupial da família Dasyuridae. Endêmica da Austrália.

  • Nome Científico: Pseudantechinus bilarni (Johnson, 1954)
  • Sinônimo do nome científico da espécie: Pseudantechinus bilarni; Antechinus bilarni; Parantechinus bilarni;

Características[editar | editar código-fonte]

A espécie tem um focinho longo e estreito, uma cauda longa e fina, orelhas grandes e sem pelos. A parte superior é marrom-cinzento a cinza, o ventre é branco. Atrás das orelhas possui manchas cor de canela. Mede cerca de 8–10 cm de comprimento e a cauda de 9–10 cm; pesa cerca de 21-30g;

O Dibbler do Norte foi descoberto em 1948, quando foi recolhido na expedição australiana em Arnhem Land. Foi descrita em 1954, quando dado o nome da espécie bilarni, que reflete a pronuncia aborigene para Bill Harney, um escritor e naturalista australiano que acompanhou a expedição. A espécie foi atribuida ao gênero Antechinus, e muitos acreditam ser um membro do gênero Parantechinus. O ultimo gênero atualmente contem uma unica espécie, tradicionalmente conhecida como Dibbler (Parantechinus apicalis), no sudoeste da Austrália. Da qual a espécie ganhou o nome comum de Dibbler do norte. Só recentemente a espécie foi transferida para Pseudantechinus, onde é uma das seis espécies do gênero.

Hábitos alimentares[editar | editar código-fonte]

É um animal insetisivoro, alimentando-se de pequenos invertebrados do deserto;

Caracteristicas de reprodução[editar | editar código-fonte]

Após a reprodução que vai de Maio a Julho, os filhotes nascem em meados de Agosto e Setembro, os filhotes nascidos chegam a maturidade sexual após 11 meses. A maioria dos machos morrem após o acasalamento, mas um quarto da população sobrevive para o próximo ano.

Habitat[editar | editar código-fonte]

Vive em áreas rochosas ao redor do Top End e Golfo da Carpentária no Território do Norte;

Distribuição Geográfica[editar | editar código-fonte]

Território do Norte, norte da Austrália Ocidental;

Referências[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre marsupiais, integrado no Projeto Mamíferos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.