Queijos da Espanha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde Janeiro de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

São fabricados vários tipos de queijos na Espanha, alguns são muitos famosos no restante do mundo. Dependo do local, pode se usar como matéria-prima, o leite de vaca, de cabra ou de ovelha. Certas regiões tendem a ter um queijo mais famoso do que em outras, mais o manchego é igualmente conhecido por toda a Espanha.

Um queijo manchego.

Mas apenas 23 dos queijos presentes em toda a Espanha, se originaram ali, sendo o restante vindas de outras partes do mundo. São várias as formas que podem ser produzidos, pasteurizados ou cru, creme, e assim por diante.

Queijos por comunidades[editar | editar código-fonte]

Queijo Ibores.
Cabrales.
Queijo Cerrato palentino
Queijo Jamón

Em ordem alfabética:

  • Andalucía:
    • Sierra de Cazorla, Queijo de Pedroches de leite cru de ovelha, especialmente de Merino;
    • Queijo de cabra payoya da Grazalema, na Sierra de Cádiz.
    • Queijos de Zuheros, Córdoba.
  • Aragón: O mais conhecido é o queijode Tronchón, que foi criado por Cervantes em El Quijote, é feito com leite de ovelha, as vezes misturado com leite de cabra. Há também:
    • Queijo Echo y Ansó;
    • Queijo de Biescas.
    • Queijo Patamulo.
    • Queijo de Radiquero.
    • Queijo de Benabarre.
    • Queijo Pañoleta.
    • Queijo de Sahún.
    • Queijo de El Burgo.
    • Queijo Chistabín.