Raiz Coral

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Raiz Coral
Informação geral
Origem São Paulo
País Brasil Flag of Brazil.svg
Gênero(s) música gospel
black music
R&B[1]
Período em atividade 2000 - atualmente
Gravadora(s) Leonel Music , Saas Music
Integrantes Sergio Saas
Paloma Possi
Renato Max
Mari Rocha
Rodolpho Custódio
Sarah Alves
Dispô Santos
Mary Marques
Rodrigo Magalhães
Vivian Dorazzio
Vanessa Tito
Jussara de Carvalho
Juliana de Paula

Raiz Coral é um grupo vocal de música gospel brasileira.

História[editar | editar código-fonte]

Em março de 2000, Sergio Saas e "Scooby", amigos de infância se juntam para realizar um sonho; formar um coral afro-brasileiro, com um propósito evangelístico através da música[1] . Duas semanas depois, 40 pessoas divididas em três naipes - contraltos, tenores e sopranos; estavam freqüentando os ensaios do Coral que mais tarde passou a denominar-se de "Raiz Coral".

O Raiz Coral, da região do Capão Redondo, zona sul de São Paulo, é formado por jovens e adolescentes. Ao som da banda e sob a ministração de Serginho e Scooby vêm explorando ritmos característicos dos corais afro-americanos, como Kirk Franklin, Take 6, Hezekiah Walker Choir, Kurt Car Singers, entre outros.

Seu repertório, composto de músicas tradicionais e contemporâneas, inclui a interpretação de Rhythm & Blues e Spiritual, mesclados à harmonia do back ground que caracteriza o som da música negra.

No seu primeiro CD "Pra Louvar" trouxe músicas de grandes sucessos para o Raiz Coral , músicas que são cantadas até hoje nas igrejas. A música de maior sucesso sem duvida foi: "Jesus Meu Guia é" com participação de Leonardo Gonçalves. Mas neste mesme CD foi lançando outros sucessos como as músicas: "A Coroa", "Dê o Seu Melhor" e "Caridade".

No CD Raiz Coral Ministerio de Louvor o atual líder do grupo, Sergio SAAS, esclarece o mal entendido da frase com a mensagem subliminar.

Com o CD - Pra Louvar - foram convidados para acompanhar Kirk Franklin, um dos ícones da música negra americana, em seu espetáculo no Credicard Hall, o que alavancou ainda mais a carreira deste grupo.

Em 2007 o grupo participou da gravaçãodo DVD Voz da Verdade Filho de Leão.

No ano passado participaram da gravação do DVD Toque no Altar e o Melhor do Black com três músicas.

Em 2010 o grupo gravou seu maior trabalho, CD Vencedor que traz sucessos como Lugar Secreto, Vencedor, O Cordeiro com Participação de Mattos Nascimento e Perfume.

Nomes renomados já passaram pelo grupo, tais como Ton Carfi, Karina Carfi, Sccoby, Riverson Vianna e entre outros.

O Grupo foi reduzido para apenas 13 integrantes mas a qualidade vocal é tão boa quanto a anterior.

Participação no programa "Qual é o seu talento"[editar | editar código-fonte]

No dia 15 de dezembro de 2010 o grupo Raiz Coral venceu junto com o Cantor Igor Martins a 3ª Temporada do Programa Qual é o Seu Talento? do SBT levando para casa o premio de 200 mil reais[2] .

Cada tribo canta seu credo, sua crença, suas verdades, suas convicções. Mas, vocês, cantam suas crenças, da sua igreja, da sua religião e da sua fé, de uma forma absolutamente universal. Não há coração que não se emocione ao ouvir vocês cantando.” É o que Thomas Roth, um dos jurados do Programa “Qual é o seu Talento” do SBT, afirmou ao grupo Raiz Coral na semifinal do concurso em 2010.

Gravação do DVD Vencedor[editar | editar código-fonte]

A proposta da gravação do DVD, era trazer sucessos antigos, e as músicas inéditas do CD Vencedor de 2010.

A gravação do DVD Vencedor aconteceu no dia 27 de agosto de 2011 , ao vivo na igreja Bola de Neve onde antes funcionava a casa de shows Olympia, a gravação seguiu os padrões internacionais sendo produzido pela DAAZ Filmes com direção de Leandro Aguiari. A gravação contou com solos de grande sucessos do Raiz Coral como "A Coroa" que ganhou uma nova versão na voz da vocalista e uma das sopranos do Raiz Coral a Paloma Possi , "Maravilhoso", "Eu Deixo a Tristeza" e muitas outras que são sucesso até hoje em todo Brasil.

Muitas canções ganharam destaque como a faixa título "Vencedor" e outras como "Lugar Secreto", "Perfume", "Você estava ali" e a o grande sucesso "Jesus meu guia é" , que foi interpretada pelo líder do Coral Sérgio Saas e pela Mari Rocha que também é vocalista e contralto do conjunto.

O cantor Sergio Saas e a banda Raiz Coral realizaram o lançamento do DVD “Vencedor” no dia 07 de julho de 2012 na sede da Igreja Bola de Neve, em São Paulo.

A formação para gravação do DVD contou com 13 integrantes , 4 tenores , 4 sopranos , 4 contraltos e o maestro Sérgio Saas.

O projeto é o primeiro DVD de Sergio Saas & Raiz Coral ao longo dos 12 anos de carreira musical. , e o lançamento do DVD recriou o momento da gravação.A mensagem do projeto compartilha através das músicas, “letras que falam a verdade, conecta as igrejas, indivíduos e pessoas em todo o Brasil com Deus”.

A criação do desing para a capa do DVD Vencedor , ficou sob a responsabilidade da Quartel Design. A capa traz o líder Sérgio Saas no centro , acompanhado do trio: Paloma Possi , Renato Max e Mari Rocha , principais solistas do grupo. A capa aborda uma característica de um vencedor, um alvo no centro da foto.

Integrantes da gravação do DVD Vencedor[editar | editar código-fonte]

  • Maestro:
  • Sérgio Saas
  • Tenores:
  • Renato Max
  • Rodolpho Custódio
  • Dispô Santos
  • Rodrigo Magalhães
  • Sopranos:
  • Paloma Possi
  • Sarah Alves
  • Vivian Dorazzio
  • Vanessa Tito
  • Contraltos:
  • Mari Rocha
  • Mary Marques
  • Jussara de Carvalho
  • Juliana de Paula
  • Banda:
  • Guitarra: Cacau Santos
  • Contrabaixo: Braguinha Ribeiro
  • Bateria: Alexandre Fininho
  • Teclados: Abel Teclas e Davi Amâncio

Mudanças na formação[editar | editar código-fonte]

No ano de 2013 o cantor Sérgio Saas anunciou sua saída do Raiz Coral. O grupo sofreu muitas alterações na sua formação no decorrer dos anos, mas nada se compara a a saída do Saas.

No dia 02 de junho de 2014 , o Raiz Coral se apresentou no "Programa do Ratinho" , mas desta vez sob o comando de Renato Max e Rodolpho Custódio. O grupo apresentou a canção: "Eu vou cantar".

Atualmente não existe uma agenda divulgada nem eventos sendo realizados pelo grupo , mas oficialmente não existiu um término. Quem acompanha o grupo ainda espera por eventos e novos lançamentos, mas o que se pode perceber pelas redes sociais é que a maioria dos integrantes continuam investindo em seus ministérios como cantores solo ou backing vocal.

Discografia[editar | editar código-fonte]

  • Para Louvar - 2004
  • Ministério de Louvor - 2006
  • Vencedor - 2010
  • Vencedor Ao Vivo - 2012

Referências