Leonardo Gonçalves

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Leonardo Gonçalves
Informação geral
Nome completo Hugo Leonardo Soares Gonçalves
Também conhecido(a) como Léo
Nascimento 7 de Novembro de 1979 (35 anos)
Origem Palmares, Pernambuco
País  Brasil
Gênero(s) Gospel, Música cristã contemporânea
Instrumento(s) Viola da gamba
Gravadora(s) Novo Tempo 2000-2010
Sony Music (atualmente)
Página oficial www.leonardogoncalves.com.br

Leonardo Gonçalves, nome pelo qual é conhecido Hugo Leonardo Soares Gonçalves (Palmares, 7 de novembro de 1979),[1] é um cantor brasileiro de música gospel, casado com a cantora Daniela Araújo.

Faz parte de uma família de músicos ligados à Igreja Adventista do Sétimo Dia,[2] da qual também é membro. Morou muitos anos no exterior, ainda na infância, passando por Estados Unidos, Inglaterra e Alemanha.[1]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Iniciou sua carreira musical aos quinze anos, em 1994, participando do Coral Jovem do IASP (atual UNASP) e do conjunto vocal Tom de Vida. Permaneceu cantando em diversos grupos, como o Novo Tom (grupo reformulado a partir do Tom de Vida), Coral Universitário do UNASP e Coro Bach do Instituto de Artes da Unicamp.[2]

Em 2002 partiu para carreira solo, lançando então seu primeiro álbum, "Poemas e Canções". A música "Getsêmani", presente neste álbum, foi utilizada na montagem de um videoclipe com cenas do filme A Paixão de Cristo, tendo sido em seguida televisionado e posteriormente divulgado pela Internet, fato que aumentou a projeção de seu trabalho.[2] O álbum vendeu mais de 70.000 cópias,[3] feito considerável no meio evangélico brasileiro, seu público-alvo.

Em 2007, cinco anos depois, lançou seu segundo álbum, "Viver e Cantar" (CD e DVD), trabalho que teve participação do grupo Communion como backing vocal na música "Ele Vive". Há também uma música ("Nachamu, Nachamu") cantada em hebraico.[4]

Fã confesso de João Alexandre, possui regravações de composições do cantor em seus dois trabalhos: "Coração", no álbum "Poemas e Canções"; e "Viver e Cantar", música-tema do segundo álbum.[2]

Realizou diversos duetos e participações especiais com outros cantores e grupos, como Sérgio Saas, João Alexandre, Allan Breno, Ton Carfi, Laura Morena, Alessandra Samadello, Paulo César Baruk entre outros.

Em 2008, venceu o Troféu Talento, a maior premiação da música gospel no Brasil, na categoria "Revelação Masculina".[5]

Em 2010 assinou contrato com a gravadora Sony Music após 10 anos na gravadora Novo Tempo. Em Setembro de 2010 a Sony Music lançou o terceiro álbum de Leonardo Gonçalves, intitulado "Avinu Malkenu". O qual foi considerado pela própria gravadora como um "divisor de águas"[6] no meio Gospel nacional, uma vez que este Álbum foi gravado totalmente em Hebraico.

Em 2012, lançou Princípio e Fim, e o disco foi o primeiro no segmento a atingir o primeiro lugar no iTunes.[7]

"Princípio" é o nome de seu primeiro DVD que contou com a participação de Daniela Araújo. Gravado ao vivo no Teatro Bradesco nos dias 10 e 11 de junho de 2013. [8]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Participações em outros projetos[editar | editar código-fonte]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre um cantor é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.