Revólver

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde outubro de 2013). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Trechos sem fontes poderão ser removidos.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing.
Revólver Taurus Modelo 605
Revólver de 1888

Um revólver (em inglês: revolver) é uma arma de fogo de repetição, de porte individual, normalmente um só cano e com calibres variados. O depósito de cartuchos do revólver é constituído por um tambor ou cilindro giratório com várias câmaras ou culatras onde ficam os cartuchos (usualmente cinco ou seis, porém variando para mais ou para menos). O mecanismo de alimentação rotaciona este tambor um arco de revolução por disparo, de onde provém seu nome. Sistema moderno descende do projeto desenvolvido por Samuel Colt em 1836. Revolveres são comumente armas de mão, porém outros tipos de armas podem ser consideradas revólveres também, como alguns rifles, lança-granadas e espingardas.

Funcionamento[editar | editar código-fonte]

O funcionamento básico de um revólver consiste em alinhar um cartucho alojado em uma câmara do tambor com o cano fixo através da rotação do tambor. Em revóveres de ação simples, isto ocorre ao se engatilhar o cão (ou martelo), enquanto em armas de ação dupla isto ocorre ao se pressionar o gatilho, o que também arma o cão.

Revólveres de ação dupla também podem funcionar em ação simples, bastando armar o cão manualmente. Ao se fazer isso o curso do gatilho e a força necessária para pressioná-lo são bastante reduzidas, aumentando a precisão do disparo.

Revólveres de ação simples, como o Colt Single Action Army e o Ruger Vaquero (atuais) e vários outros modelos antigos (como as armas do velho oeste) sempre necessitam que o cão seja armado manualmente. (Algumas exceções existem, como por exemplo os modelos de ação dupla Apenas, que normalmente possuem o cão coberto e não podem ter o cão armado manualmente, bons para porte pois não enroscam o cão em roupas quando sacados).

Revólveres comuns não podem utilizar de silenciador, pois entre o tambor e o cano sempre há uma brecha por onde os gases do disparo escapam, produzindo barulho suficiente mesmo com silenciador na ponta do cano. Entretanto alguns modelos especiais russos e americanos (por exemplo o OTs-38,[1] ) que conseguiram silenciar o disparo.

Existem modelos de revólveres semiautomáticos como Mateba Autorevolver que driblaram o inconveniente de se ter o curso longo e pesado de um gatilho de dupla ação ao se engatilhar o cão após cada disparo. O momento gerado pelo disparo empurra o tambor para trás, armando e engatilhando o cão para o próximo disparo, deixando a arma em posição de disparo em ação simples..

Utilidade[editar | editar código-fonte]

Como seu projeto é do século XIX, certamente muitos avanços foram feitos que resultaram nas modernas pistolas, relegando os revólveres ao segundo plano em utilizações militares e policiais. Sua capacidade de munição limitada e maior tempo para recarga foram os principais motivos para a sua substituição. Além disso, seu tambor torna a arma mais difícil de se portar escondida, o que também o tirou do mercado de autodefesa. Porém os revólveres (armas de mão) conquistaram uma legião de atiradores devido principalmente a sua confiabilidade. Em caso de falha de munição, por exemplo, basta puxar novamente o gatilho que um cartucho novo é posicionado e disparado, em uma fração do tempo necessário para se posicionar um novo cartucho em uma pistola. Em competições, atiradores (autointitulados "revolveiros") demonstram excepcional habilidade em modalidades que envolvem saque rápido, tiro de precisão e movimentação. Também são realizadas competições de revólveres de ação simples, onde os competidores utilizam armas réplicas de armas utilizadas no velho oeste americano.

A desvantagem do maior tempo de recarga de um revólver pode ser contornada com a utilização de "SpeedLoaders" ou "JetLoaders", e as desvantagens do acionamento em ação dupla não são nem notados por atiradores bem treinados. Prova disso são as diversas adaptações feitas, como por exemplo a adaptação de miras telescópicas em revólveres, tornando-os armas extremamente precisas a longas distâncias.

Alguns modelos de revólveres são fabricados em calibres muito grandes como .454 Casull, .44 Magnum e .500 S&W Magnum para caçadores se defenderem de grandes animais selvagens(exemplos: o Smith and Wesson Model S&W500 e o brasileiro Taurus Raging Bull)

Referências

  1. OTs-38 silent revolver Modern Firearms. Visitado em 2009-09-16.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Revólver


Este artigo relativo a armas de fogo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.