Rio Inguri

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Rio Inguri
Desfiladeiro do rio Inguri, em Svanétia.
Comprimento 213 km
Nascente Cáucaso Maior
Foz Mar Negro
País(es) da
bacia hidrográfica
Abecásia, Geórgia

O rio Inguri (em georgiano ენგური, transl. Enguri; em abecásio Егры, transl. Egry) é um rio na região oeste da Geórgia. Tem 213 quilômetros de comprimento, e se origina no nordeste do Svanétia, próximo à região de Ratcha, tendo um papel importante no fornecimento de energia hidrelétrica para a área.

O rio desce do alto do Cáucaso, próximo à montanha mais alta da Geórgia, o Shkhara, e percorre os vales montanhosos do noroeste antes de pegar a direção sudoeste até desembocar no mar Negro, próximo a Zugdidi.

Desde o conflito geórgio-abecásio de 1992-1993, tanto a Geórgia quanto a Abecásia mantêm tropas no rio; a Rússia também mantém forças de paz na região. O único ponto de cruzamento legal é a Ponte Inguri, com 870 metros de comprimento, construída por prisioneiros de guerra alemães durante a Segunda Guerra Mundial. Existem diversos pontos de cruzamento ilegais ao longo do rio.

O rio desempenha um papel importante na produção de energia da Geórgia. Em 1988, a Represa de Inguri foi construída, a uma altitude de 240 metros. Com 750 metros de largura e 271,5 metros de altura, é a maior construção de todo o Cáucaso. Tem capacidade para 1,1 milhões de metros cúbicos de água. Sua produção é de 4,5 milhões de kilowatts anuais, cerca de 40% da produção nacional de energia. A capacidade é de 1.300 megawatts por hora.

Represa de Inguri, na Geórgia

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre hidrografia em geral é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.