Rio Vermelho (Minas Gerais)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Wikitext.svg
Esta página ou seção precisa ser wikificada (desde março de 2015).
Por favor ajude a formatar esta página de acordo com as diretrizes estabelecidas no livro de estilo.
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde março de 2015). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Município de Rio Vermelho
Bandeira de Rio Vermelho
Brasão desconhecido
Bandeira Brasão desconhecido
Hino
Fundação 31 de janeiro de 1938 (77 anos)
Gentílico rio-vermelhense
Prefeito(a) Djalma de Oliveira (PSDB)
(2013–2016)
Localização
Localização de Rio Vermelho
Localização de Rio Vermelho em Minas Gerais
Rio Vermelho está localizado em: Brasil
Rio Vermelho
Localização de Rio Vermelho no Brasil
18° 17' 38" S 43° 00' 32" O18° 17' 38" S 43° 00' 32" O
Unidade federativa  Minas Gerais
Mesorregião Metropolitana de Belo Horizonte IBGE/2008 [1]
Microrregião Conceição do Mato Dentro IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Itamarandiba, Senador Modestino Gonçalves, Felício dos Santos, Serra Azul de Minas, Materlândia, Paulistas, Coluna
Distância até a capital 325 km
Características geográficas
Área 987,222 km² [2]
População 13 645 hab. Censo IBGE/2010[3]
Densidade 13,82 hab./km²
Clima Tropical
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,635 médio PNUD/2000 [4]
PIB R$ 56 977,524 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 3 720,62 IBGE/2008[5]
Página oficial
Prefeitura riovermelho.mg.gov.br

Rio Vermelho é um município brasileiro do estado de Minas Gerais e sua população estimada em 2010 era de 13.645 habitantes, tendo uma área de 987 km², o que corresponde a uma densidade populacional de 14,4 hab/km².


Bandeiras que percorreram a região[editar | editar código-fonte]

  • A bandeira liderada por Francisco Bruzza Espinosa, o primeiro homem branco que pisou o solo Mineiro no ano de 1536 (para outros historiadores 1554) Expedição que partiu de Porto Seguro - Bahia.
  • A bandeira liderada por Sebastião Fernandes Tourinho, no ano de 1572 - Saindo de Porto Seguro - Bahia.
  • A bandeira liderada por Marcos de Azeredo Coutinho, que no ano de 1612 encontrou o primeiro Diamante do Brasilm as margens do Rio Suassuí, (no município de Paulistas MG). Advindo do Espírito Santo e fazendo o mesmo projeto do Bandeirante Sebastião Fernandes Tourinho.
  • A bandeira liderada por Fernão Dias Paes Leme, que saindo de São Paulo no dia 21 de julho de 1674 tomando rumo do rio Paraíba, passando por Taubaté, Pindamonhagaba e daí penetrou no território Mineiro passando por Passa Quatro, Pouso Alto, Caxambú, Baependi, Ibituruna, daí rumo ao Rio das Mortes, até fundar a segunda Feitoria em Minas (São Pedro do Paraopeba). De lá, ruma para a região de Betim, Lagoa Santa, Sumidouro, Rio das Velhas e parte para a região do Serro Frio (Serro)e deflete rumo a Itacambira e inicia seu retorno passando por Itamarandiba e chega a região de Rio Vermelho. No local onde há o encontro das águas do Rio Vermelho com o Rio Turvo ( divisa da cidade de Rio Vermelho com Paulistas); constrói a maior obra da engenharia mineira. A Ponte dos Paulistas (Cachoeira de Geraldo Miranda).[6]

Datas comemorativas[editar | editar código-fonte]

  • Jogos da Primavera - Data: Setembro
  • Festa Nossa Senhora da Pena - Data: Agosto
  • Festa de São Sebastião - Data: Janeiro
  • Semana do Fazendeiro de Rio Vermelho - Data: Julho

Pontos turísticos[editar | editar código-fonte]

  • Rio Vermelho faz parte do "Circuito dos Diamantes"
  • Parque da Serra do Gavião, com a Gruta do Taipero, Cachoeira do Landim, Cachoeira Sete Quedas e a Gruta da Lapa Sant.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Auler, A.S; Farrant, A.R.1996.A brief introduction to karstand caves in Brazil. Proceedings of the University of Bristol Spelaeological Society 20:187-20
  • Cavalcante, J.A.D. 1996 Mapeamento Espeológico. Sociedade Excursionista e Espeológica, Ouro Preto, 28p.
  • Auler, A.S., Labegalini, J.A., Pilo, L.B. 1986 – Curso de Extensão Espeleologia, GEEP-Açungui/UFPR. Paraná – PR
  • Ferreira, R.L. 1988 Ecologia de comunidades cavernícolas associados a depósitos de guanos de morcegos. Dissertação de mestrado – UFMG – Bel Horizonte – MG.

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Visitado em 5 dez. 2010.
  3. Censo Populacional 2010 Censo Populacional 2010 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Visitado em 11 de dezembro de 2010.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Visitado em 11 dez. 2010.
  6. PIMENTA,Rui - "A História de Peçanha". 1995

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Minas Gerais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.