Robert Morris (financeiro)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Robert Morris
Robert Morris, retrato por Charles Willson Peale
Conhecido(a) por Assinou a Declaração de Independência dos Estados Unidos, os Artigos da Confederação e a Constituição dos Estados Unidos
Nascimento 20 de Janeiro de 1734
Liverpool, Inglaterra
Morte 9 de Maio de 1806
Filadélfia, Pensilvânia, Estados Unidos
Assinatura Robert Morris signature.png

Robert Morris (20 de janeiro de 17349 de maio de 1806) foi um comerciante, financeiro e político norte-americano. Foi um dos signatários tanto da Declaração de Independência dos Estados Unidos como dos Artigos da Confederação e da Constituição dos Estados Unidos, sendo um dos Pais Fundadores dos Estados Unidos. Morris ficou conhecido como o «banqueiro da Revolução» em virtude de ter agido no sentido de assegurar os fundos necessários à causa americana aquando da Guerra de Independência dos Estados Unidos. Esta posição central que tinha fez com que fosse considerado, em conjunto com o general George Washington, "o mais poderoso homem da América"[1]

Era membro da Igreja Episcopal dos Estados Unidos.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Ferguson, E. James. The power of the purse: A history of American public finance, 1776-1790 (1961)
  • Rappleye, Charles. Robert Morris: Financier of the American Revolution (2010)
  • Ver Steeg, Clarence L. Robert Morris, Revolutionary Financier. Philadelphia: University of Pennsylvania Press, 1954 (ISBN 0-374-98078-0).
  • Ver Steeg, Clarence L. "Morris, Robert" in American National Biography Online 2000.
Cena do fresco A Apoteose de Washington, mostrando Morris a receber um saco de ouro de Mercúrio, em lembrança dos seus serviços financeiros durante a Revolução Americana

Referências

  1. Rappleye (2010) p. 252