James Madison

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
James Madison
4º presidente dos Estados Unidos Estados Unidos
Período de governo 4 de março de 1809
a 4 de março de 1817
Vice-presidente George Clinton (1809–1812)
Nenhum (1812–1813)
Elbridge Gerry (1813–1814)
Nenhum (1814–1817)
Antecessor(a) Thomas Jefferson
Sucessor(a) James Monroe
5º Secretário de Estado dos Estados Unidos
Período de governo 2 de maio de 1801
a 3 de março de 1809
Antecessor(a) John Marshall
Sucessor(a) Robert Smith
Membro da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos pelo 15º distrito da Virgínia
Período de governo 4 de março de 1793
a 3 de março de 1797
Sucessor(a) John Dawson
Membro da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos pelo 5º distrito da Virgínia
Período de governo 4 de março de 1789
a 3 de março de 1793
Sucessor(a) George Hancock
Representante da Virgínia no Congresso da Confederação
Período de governo 1º de março de 1781
a 1º de novembro de 1783
Sucessor(a) Thomas Jefferson
Vida
Nome completo James Madison, Jr.
Nascimento 16 de março de 1751
Port Conway, Colônia da Virgínia
Morte 28 de junho de 1836 (85 anos)
Orange, Virgínia,
US flag 24 stars.svg Estados Unidos
Dados pessoais
Alma mater Universidade de Princeton
Cônjuge Dolley Todd (1794–1836)
Partido Democrata-Republicano
Religião Episcopalismo
Assinatura Assinatura de James Madison

James Madison, Jr. (Port Conway, 16 de março de 1751Orange, 28 de junho de 1836) foi um advogado e político estadunidense. Foi o quarto Presidente dos Estados Unidos, entre 1809 e 1817.

Biografia e obras[editar | editar código-fonte]

James Madison, Jr. nasceu em uma plantação em uma pequena propriedade na Virgínia em 16 de março de 1751, (5 de março de 1751, No velho calendário, calendário juliano)[1] , onde sua mãe tinha voltado para casa de seus pais para dar à luz. Ele cresceu como o mais velho de doze filhos. Nelly e James Sr. tiveram mais sete meninos e quatro meninas. Três dos irmãos de James Jr morrem como crianças, incluindo um que foi natimorto[2] . No verão de 1775, sua irmã Elizabeth (7 anos) e seu irmão Rúben (3 anos) morreram de disenteria da epidemia que varreu Orange County por causa da água contaminada. Seu pai, James Madison, Sr. (1723-1801), era um plantador de tabaco que cresceu em uma fazenda, então chamado de Mount Pleasant, em Orange County, Virgínia[1] , que havia herdado, ao atingir a idade adulta. Mais tarde, adquiriu mais bens e escravos, com 5.000 hectares, ele se tornou o maior proprietário de terras e um cidadão líder de Orange County, no Piemonte. A mãe de James Jr, Nelly Conway Madison (1731-1829), nasceu em Port Conway, a filha de um fazendeiro e proeminente negociante de tabaco e sua esposa. Os pais de Madison se casaram em 15 de setembro de 1749[1] . Durante esses anos, as colônias do sul estavam se tornando uma sociedade escravista, no qual o trabalho escravo ligado a economia e os senhores de escravos formavam a elite política[2] .

Obras e política[editar | editar código-fonte]

Foi co-autor, juntamente com John Jay e Alexander Hamilton, de O Federalista, sendo visto por alguns como o "Pai da Constituição Americana", já que contribuiu na sua elaboração.

Em 1788, Madison foi responsável por ter escrito mais de um terço das Monografias Federalistas, e ainda o mais influente comentário sobre a Constituição.

Elaborou muitas leis básicas, e foi responsável pelas dez primeiras emendas à Constituição (dito para ser baseado na Declaração de Direitos da Virgínia). Tal como um político teórico, ou mais distintivo, Madison acreditava que eram necessários "freios" e "contrapesos" para limitar os poderes de interesses especiais na nova República, que Madison chamou facções. Ele acreditava firmemente que a nova nação devia lutar contra a corrupção e a aristocracia, e estava profundamente empenhado em criar mecanismos que garantissem o republicanismo nos Estados Unidos.

Como líder na Câmara dos Representantes, Madison trabalhou estreitamente com o presidente George Washington, para organizar o novo governo federal. Rompendo com o Secretário do Tesouro Americano, Alexander Hamilton, em 1791, Thomas Jefferson e Madison organizaram o que eles chamavam de o Partido Republicano (mais tarde chamado o Partido Democrata-Republicano), em oposição às políticas fundamentais dos Federalistas, especialmente ao Banco Nacional e ao Tratado Jay. Ele, secretamente, foi co-autor, juntamente com Thomas Jefferson, das "Resoluções do Kentucky e da Virgínia", em 1798, para protestar os Atos Alien e Rebeldes.

De Jefferson como Secretário de Estado (1801-1809), Madison supervisionou a Compra da Louisiana, duplicando o tamanho da nação, e patrocinou o mal-fadado Embargo Act de 1807. Como presidente, ele conduziu o povo para a Guerra de 1812, contra a Grã-Bretanha, a fim de proteger os "direitos ecônomicos" dos Estados Unidos. Esse conflito começou mal, como os americanos sofreram derrota após derrota por forças menores, mas terminou em uma nota alta em 1815, com o Tratado de Gand, depois que uma nova era de bons sentimentos varreu o país.

Durante e após a guerra, Madison reverteu muitas de suas posições. Em 1815, ele apoiou a criação do Segundo Banco Nacional, um forte militar, e uma tarifa elevada para proteger as novas fábricas abertas durante a guerra.

Madison viveu até os oitenta e cinco anos de idade, cada vez mais ignorado pelos novos líderes do governo americano. Faleceu em Montpellier, em 28 de junho de 1836, sendo o último "pai fundador da nação" a morrer. Madison está sepultado no Cemitério da Família Madison, em Montpelier.

Referências

  1. a b c Chapman, C. Thomas (22 de maio de 2006). Descendants of Ambrose Madison, the Grandfather of President James Madison, Jr 1–20 pp. The National Society of Madison Family Descendants. Visitado em 20 de maio de 2012.
  2. a b The Madison Cemetery James Madison's Montpelier (2011). Visitado em 20 de maio de 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre James Madison
Precedido por
Thomas Jefferson
Seal of the President of the United States.svg
4.º Presidente dos Estados Unidos
18091817
Sucedido por
James Monroe
Ícone de esboço Este artigo sobre um Presidente dos Estados Unidos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.