Warren G. Harding

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Warren G. Harding
29º Presidente dos Estados Unidos Estados Unidos
Mandato 4 de março de 1921
a 2 de agosto de 1923
Vice-presidente Calvin Coolidge
Antecessor(a) Woodrow Wilson
Sucessor(a) Calvin Coolidge
Senador dos Estados Unidos
por Ohio
Mandato 4 de março de 1915
a 13 de janeiro de 1921
Antecessor(a) Theodore E. Burton
Sucessor(a) Frank B. Willis
28º Vice-governador de Ohio
Mandato 11 de janeiro de 1904
a 8 de janeiro de 1906
Antecessor(a) Harry L. Gordon
Sucessor(a) Andrew L. Harris
Vida
Nome completo Warren Gamaliel Harding
Nascimento 2 de novembro de 1865
Blooming Grove, Ohio,
 Estados Unidos
Morte 2 de agosto de 1923 (57 anos)
São Francisco, Califórnia,
 Estados Unidos
Dados pessoais
Alma mater Ohio Central College
Cônjuge Florence Kling (1891–1923)
Partido Republicano
Religião Batista
Profissão Jornalista
Assinatura Assinatura de Warren G. Harding

Warren Gamaliel Harding (Blooming Grove, 2 de novembro de 1865São Francisco, 2 de agosto de 1923) foi o 29º presidente dos Estados Unidos entre 1921 e 1923. Um Republicano de Ohio, Harding era um editor de jornal que serviu como membro do senado estadual e 28º vice-governador de Ohio e senador dos Estados Unidos. No senado, ele protegeu os interesses do alcóol e apoiou moderadamente o sufrágio feminino. Ele foi o primeiro senador em exercício e o primeiro jornalista a ser eleito presidente.[1] [2] Harding é o autor do termo "Pais Fundadores".[3]

Harding era o candidato de conciliação na eleição presidencial de 1920, prometendo o retorno da nação a "normalidade" na forma de uma econômia forte, independente da influência externa. Ele e o Partido Republicano desejavam distanciar-se do progressivismo que dominou o começo do século XX. Harding e Calvin Coolidge, seu running mate, derrotaram James M. Cox e Franklin D. Roosevelt na maior margem de vitória no voto popular (60,32% contra 34,15%) desde que existem registros das votações.[4]

Harding originalmente queria colocar as "melhores mentes" em seu gabinete, nomeando Herbert Hoover como secretário do comércio e Charles Evans Hughes como secretário de estado. Entretanto, ele recompensou amigos e contribuintes, conhecidos como a Gangue de Ohio, com posições poderosas. Vários casos de corrupção ocorreram durante sua administração; um dos membros de seu gabinete e vários de seus nomeados foram presos.[5] Harding conseguiu limpar a corrupção com o Departamento dos Veteranos.[6] Apesar dos escândalos, muitos investigados e revelados após sua presidência, Harding teve realizações significativas.

Internamente, ele aprovou o primeiro programa de bem estar infantil dos Estados Unidos e lidou com trabalhadores em greve nas minas e nas ferrovias, apoiando períodos de trabalho de oito horas diárias. A taxa de desemprego caiu pela metade durante a administração Harding.[7] Ele também conseguiu criar o Departamento de Orçamento, que ajudou a refrear e acompanhar as despesas federais. Harding defendeu um projeto de lei contra linchamentos para diminuir a violência contra os afro-americanos; porém os Democratas do sul do país e um Republicano proeminente barraram a legislação. Em assuntos internacionais, ele desdenhou a Sociedade das Nações e oficialmente encerrou a Primeira Guerra Mundial ao assinar separados acordos de paz com a Alemanha e Áustria. Harding foi o primeiro presidente a promover e implementar de forma bem sucedida um desarmamento naval mundial e pediu para os EUA participarem de uma corte internacional.

Em agosto de 1923, Harding desmaiou e morreu na Califórnia enquanto voltava de uma viajam para o Alaska,[8] sendo sucedido por seu vice-presidente Calvin Coolidge.

Referências

  1. Warren Gamaliel Harding POTUS.. Página visitada em 28 de abril de 2013.
  2. Russell 1962, p. 423
  3. Bernstein, R.B.. The Founding Fathers Reconsidered. [S.l.]: Oxford University Press, 2009. p. 4–5. ISBN 0-19-533832-4
  4. Sinclair 1965, pp. 23, 35–40
  5. Sinclair 1965, pp. 261–263
  6. (19 de março de 1923) "Veterans' Bureau Probe". The Helena Daily Independent: p. 4.
  7. Romer, Christina. (fevereiro de 1986). "Spurious Volatility in Historical Unemployment Data". The Journal of Political Economy.
  8. (13 de agosto de 1923) "The Presidency: The End". TIME.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Russell, Francis. The Shadow of Blooming Grove: Warren G. Harding In His Times. [S.l.]: Easton Press, 1962. ISBN 0-07-054338-0
  • Sinclair, Andrew. The Available Man: The Life Behind the Masks of Warren Gamaliel Harding. [S.l.]: MacMillan, 1965.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Warren G. Harding
Precedido por
Woodrow Wilson
Seal of the President of the United States.svg
29.º Presidente dos Estados Unidos
19211923
Sucedido por
Calvin Coolidge
Ícone de esboço Este artigo sobre um Presidente dos Estados Unidos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.