São Hermenegildo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
São Hermenegildo
Triunfo de Santo Hermenegildo.
Por Francisco de Herrera, o Moço. Atualmente no Museu do Prado, Madri
Príncipe Visigodo e Mártir
Nascimento  ?564 em ?
Morte 13 de abril de 585 em Tarragona
Veneração por Igreja Católica
Canonização 13 de abril de 1585 por Papa Sisto V
Festa litúrgica 13 de abril
Padroeiro Convertidos
Gloriole.svg Portal dos Santos

São Hermenegildo (ca. 564Tarragona, 13 de Abril de 585) era filho do rei visigodo Leovigildo, e irmão de Recaredo. Educado no arianismo imperante entre os visigodos da Península Ibérica de então (ao contrário da população hispano-romana, que era maioritariamente católica), a sua conversão ao catolicismo fê-lo enfrentar o seu pai e causou uma contenda militar, a qual terminaria na sua captura e execução.

Ainda em tenra idade Hermenegildo e o seu irmão mais novo Recaredo foram associados ao trono de seu pai. Com 15 anos casou-se com a princesa franca Ingunda, filha de Sigeberto I e de Brunilda, numa tentativa de aproximar as relações iniciadas pelo primeiro casamento do seu pai. Nomeado governador da Bética, a influência da sua esposa e do bispo cristão Leandro de Sevilha levaram-no a converter-se rapidamente.

Uma conversão na família real mais imediata não estava isenta, porém, de problemas sucessórios, e as suspeitosas relações de Hermenegildo com o governador da Província da Espânia foram aumentando a tensão entre pai e filho; os conflitos que perduravam entre arianos e católicos viram-se agravados pela intransigência da nova esposa de Leovigildo, Gosvinta.

Nesse mesmo ano o conflito degenerou em luta armada, que duraria até 584. Hermenegildo, que contava com o apoio dos bizantinos, viu-se em inferioridade táctica quando aqueles concluíram uma aliança com Leovigildo pela soma de 30.000 solidi de ouro; em 583 foi cercado em Sevilha, onde resistiu por mais de um ano, embora devesse fugir mais tarde para Córdova. Foi nessa cidade que foi capturado pelas forças de seu pai e foi mandado a ferros para Tarragona.

Ingunda escapou para o norte de África e pediu asilo ao imperador Maurício de Bizâncio, mas faleceu durante a viagem; o filho de ambos, Atanagildo, foi entregue, por ordem do imperador, à sua avó materna.

Embora não se conservem relatos independentes dos factos, os Diálogos de Gregório I asseveram que Hermenegildo rejeitou a oferta de perdão do seu pai por fidelidade à fé católica, e que em consequência disso foi decapitado no Domingo de Páscoa de 585.

A pedido de Filipe II de Espanha o Papa Sisto V canonizou Hermenegildo no milésimo aniversário da sua morte.

Foi canonizado em 1585 como mártir da Igreja Católica; é o patrono dos convertidos, e celebra-se no aniversário da sua morte, a 13 de Abril.

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre São Hermenegildo