Séries 300 - Shinkansen

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Série 300 Shinkansen
Série 300 Shinkansen
Propulsão {{{propulsão}}}
Modelo Série 300
Bitola 1,435 mm
Comprimento 25 mts e 26,05 mts
Largura 3,380 mm
Altura 4,440 mm

Os comboios Shinkansen da série 300 dedicados para as linhas de alta velocidade no Japão, foram introduzidos em 1992 nas linhas Tōkaidō Shinkansen e Sanyo Shinkansen para uso nos serviços Nozomi mais rápidos, sendo capazes de atingir os 270 km/h. À medida que mais unidades eram entregues (66 comboios por 1998), foram substituindo unidades mais antigas no serviço Hikari, permitindo que as então substituídas séries 100 retirassem as unidades da séries 0 em quase todos os serviços.

O estilo destas unidades é a de 'cunha arredondada' na frente, substituíndo os cones do nariz do estilo 'avião' dos comboios Shinkansen anteriores. O ponto mais avançado é o do maquinista. As unidades desta série estão pintadas de branco-brilhante com uma estreita faixa azul sob as janelas.

Os série 300 encontram-se apenas em conjuntos de 16 carruagens sem vagões restaurante, apesar de originalmente possuírem 2 locais para refeições (mais tarde removidos).

Tecnicamente são recordados por serem os primeiros Shinkansen a empregar motores de tracção trifásicos de corrente alterna (AC) em vez de usarem unidades de corrente directa (DC).

Ícone de esboço Este artigo sobre transporte ferroviário é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre o Japão é um esboço relacionado ao Projeto Ásia. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.