Samuel Smiles

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou secção está a ser traduzido. Ajude e colabore com a tradução.

Samuel Smiles (23 de Dezembro de 1812 - 16 de Abril de 1904) foi um escritor e um reformador britânico. Smiles é conhecido sobretudo por ter escrito livros que exaltam as virtudes da "auto-ajuda" e biografias enaltecendo os feitos de engenheiros heróicos. Ele selecionou os tópicos das suas biografias como modo de enfatizar as suas teses da auto-ajuda. Estas obras são um vivo exemplo dos valores da sociedade Vitoriana para o leitor de hoje.

Notas biográficas[editar | editar código-fonte]

Nascido em Washington, na Escócia, sendo o mais velho de 11 irmãos e irmãs.

Ele deixou a escola com 14 anos e foi aprendiz de um médico, o que o acabou por lhe permitir estudar medicina na Universidade de Edimburgo.

Em 1838 ele foi convidado a tornar-se o editor do Leeds Times, uma posição que ele aceitou e que deteve até 1845. Em maio de 1840, Smiles tornou-se secretário da Associação Reformadora do Parlamento de Leeds, uma organização que se orientava pelos seis objectivos do "Chartism" (um movimento britânico de trabalhadores a favor de reformas sociais que recebe o nome da "People's Charter" de Maio de 1838, da autoria do radical londrino William Lovett):

  • Sufrágio universal para todos os homens de idade superior a 21 anos
  • Distritos eleitorais de tamanhos semelhantes
  • Voto secreto
  • Terminar com quaisquer requisitos para os deputados (MP) que não apenas a vitória na eleição
  • Que os deputados tivessem direito a receber salários
  • Parlamentos anuais

Em 1845, Samuel Smiles deixou o Leeds Times e tornou-se secretário da companhia ferroviária de Leeds e Thirsk e, nove anos depois, da companhia ferroviária South-Eastern.

No final dos anos 40 do século XIX, Smiles ficou preocupado com a advocacia da força física pelos Chartistas Feargus O'Connor e George Julian Harney, apesar de ele parecer ter concordado com eles no ponto em que as tácticas do movimento não eram efectivas, dizendo que "a mera reforma política não pode curar os males múltiplos que hoje afligem a sociedade". Por volta de 1850, ele parece ter abandonado completamente a ideia das reformas parlamentares.

Os escritos de Smiles[editar | editar código-fonte]

Ele foi um autor prolífico de livros e artigos. Segue-se uma lista incompleta das suas obras mais importantes. Ver Jarvis para uma lista completa.

Livros sobre a auto-ajuda[editar | editar código-fonte]

  • Self-Help, London, 1859
  • Character, London, 1871
  • Thrift, London, 1875
  • Duty, London, 1880
  • Life and Labour, London 1887

Biografias[editar | editar código-fonte]

  • The Life of George Stephenson, Londres, 1857
  • The Story of The Life of George Stephenson, Londres, 1859 (uma síntese do livro acima)
  • Brief biographies, Boston, 1860 (artigos reimpressos de periódicos como o "Quarterly Review")
  • Lives of the Engineers, 3 vol, Londres, 1862
  • Vol 1, Early engineers - James Brindley, Sir Cornelius Vermuyden, Sir Hugh Myddleton, Capt John Perry
  • Vol 2, Harbours, Lighthouses and Bridges - John Smeaton and John Rennie, (1761-1821)
  • Vol 3, History of Roads - John Metcalfe and Thomas Telford
  • Industrial Biography, Londres, 1863
  • Includes lives of Andrew Yarranton, Dud Dudley, Henry Maudslay, Joseph Clement, etc..
  • Boulton and Watt, Londres, 1865
  • The Huguenots: Their Settlements, Churches and Industries in England and Ireland, Londres, 1867
  • Lives of the Engineers, new ed. in 5 vols, Londres, 1874

(includes the lives of Stephenson and Boulton and Watt)

  • Life of a Scotch Naturalist: Thomas Edward, Londres, 1875
  • George Moore, Merchant and Philanthropist, Londres & Nova York, 1878
  • Robert Dick, Baker of Thurso, Geologist and Botanist, Londres, 1878
  • Men of Invention and Industry, Londres, 1884
  • Phineas Pett, Francis Petit Smith, John Harrison, John Lombe, William Murdock, Frederic Koenig,The Walter family of The Times, William Clowes, Charles Bianconi, and chapters on Industry in Ireland, Shipbuilding in Belfast, Astronomers and students in humble life
  • James Nasmyth, engineer, an autobiography, ed. Samuel Smiles, Londres, 1885
  • A Publisher and his Friends. Memoir and Correspondence of the Late John Murray, Londres, 1891
  • Jasmin. Barber, Poet, Philanthropist, Londres, 1891
  • Josiah Wedgwood, his Personal History, Londres, 1894
  • The Autobiography of Samuel Smiles, LLD, ed. T. Mackey, London, 1905

O crescimento da arqueologia industrial na Inglaterra, na década de 1960, fez com que alguns desses títulos fossem reimpressos, e outros com que fossem disponibilizados na internet de fontes como o Projeto Gutenberg.

Referências[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Samuel Smiles

Em inglês

  • Adrian Jarvis, Samuel Smiles and the construction of Victorian Values Sutton Publishing, 1997, 176pp, 16 illus. (ISBN 0-7509-1128-X)