Sapium

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Como ler uma caixa taxonómicaCurupitã
Sapium sebiferum

Sapium sebiferum
Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Ordem: Malpighiales
Família: Euphorbiaceae
Género: Sapium
Espécies
Ver texto

Sapium é um género botânico pertencente à família Euphorbiaceae. Popularmente, recebe os nomes de curupitã, árvore-de-leite e murupita[1] . O gênero é nativo das regiões tropicais, principalmente das Américas. As flores formam espigas. Os frutos são pequenas cápsulas[1] .

Etimologia[editar | editar código-fonte]

Estas espécies foram cultivadas historicamente para a produção de sabão a partir do óleo de suas sementes. Daí a origem do nome do género: sapium.

"Curupitã" originou-se do termo tupi kurupi'tá[1] . "Árvore-de-leite" é uma referência ao látex produzido pelas glândulas localizadas no ápice e na base das folhas e do qual se produz borracha de boa qualidade[1] . "Murupita" originou-se do tupi muru'pita[2] .

Sinonímia[editar | editar código-fonte]

Principais espécies[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Sapium
Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Sapium

Este gênero é composto por 247 espécies. As principais são:

  • Sapium aucuparium
  • Sapium bolivianum
  • Sapium glandulatum
  • Sapium haematospermum
  • Sapium jamaicense
  • Sapium japonicum
  • Sapium laurocerasum
  • Sapium longifolium
  • Sapium montevidense
  • Sapium sebiferum
  • Sapium sellowianum

Lista completa das espécies[editar | editar código-fonte]

Nome e referências[editar | editar código-fonte]

Sapium Jacq

Referências

  1. a b c d FERREIRA, A. B. H. Novo Dicionário da Língua Portuguesa. Segunda edição. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1986. p.513
  2. FERREIRA, A. B. H. Novo Dicionário da Língua Portuguesa. Segunda edição. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1986. p.1 173

Ligações externas[editar | editar código-fonte]