Sarai (cidade)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Sarai Batu (Velha Sarai, Sarai-al-Maqrus, também transcrita como Saraj ou Saray) foi a a cidade capital da Horda de Ouro, situada no canal Akhtuba do baixo Volga, numa área próxima à vila (selo) Selitryannoye no Distrito Kharabalinsky, Oblast de Astrakhan, aproximadamente 120 km a norte da atual cidade de Astrakhan.

Há de se ressaltar que o termo Sarai significa palácio em idiomas como o farsi, o turco, árabe e o tártaro.

Credita-se a Batu Khan, logo depois de voltar de sua campanha contra a Europa, à construção da cidade nos anos 1240. No período entre 1261 a 1454 os bispos de Krutitsy moraram em Sarai.

A existência de Sarai Berke (Nova Sarai, Sarai al-Jadid) é incerta. Caso tenha existido, a localização mais provável foi o sítio arqueológico Tsarev no canal Akhtuba, a 55 km a sul de Volgogrado.

Uma ou ambas as cidades foram destruídas várias vezes. Por volta de 1395 Sarai (Berke?) foi destruída por Tamerlão, em plena guerra contra a Horda de Ouro; Meñli I Giray do Canato da Crimeia destruiu Sarai (Berke?) em 1502. A destruição final ocorreu após 1556 com a conquista do Canato de Astrakhan por Ivan IV, o Terrível.

Em 1623-24, o mercador Fedot Afanasyevich Kotov viajou até a Pérsia. Ele trouxe uma descrição sobre o baixo Volga: "Aqui no rio Akhtuba repousa a Horda de Ouro. A corte do khan, os palácios, e cortes, e as mesquitas são todas feitas de pedra. Porém agora todas estas construções estão sendo desmanteladas e a pedra está sendo tomada de Astrakhan". Mais provavelmente é uma descrição de Sarai Berke.

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.